'Segredos' da venda de Malcom começam a surgir após Bordeaux desmentir agente

'Segredos' da venda de Malcom começam a surgir após Bordeaux desmentir agente

Por Meu Timãoo

Malcom já balançou as redes pelo Bordeaux

Malcom já balançou as redes pelo Bordeaux

Foto: Reprodução

A já concluída venda de Malcom com o Bordeaux, da França, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira. Uma reportagem do portal Uol esmiuçou a porcentagem dos direitos econômicos adquirida pelo clube francês, o valor recebido pelo Corinthians e contradições nas declarações do empresário Fernando Garcia.

Enquanto jogava no Corinthians, Malcom estava "fatiado" da seguinte forma: 40% pertenciam a Garcia, 30% ao Corinthians e outros 30% a demais agentes. De acordo com Garcia, cada uma das partes vendeu metade de seus direitos ao Bordeaux, que, portanto, teria adquirido 50% dos direitos econômicos do atacante.

Ciente da recente proibição da Fifa de empresas serem donas de direitos de jogadores, o presidente do Bordeaux, Jean-Louis Triaud, rebateu Garcia e afirmou que o clube francês adquiriu 100% dos direitos de Malcom.

"Fizemos tudo de forma perfeitamente legal. Se houvesse um TPO (Terceira Parte que possui direitos econômicos, termo usado para empresas), deveria ser registrado e declarado na Fifa. Em Bordeaux, compramos 100% dos direitos. (...) Tudo é transparente e legal, como sempre no clube", afirmou Triaud.

De acordo com o Uol, o clube francês é quem diz a verdade. Os então donos de Malcom receberam, ao todo, R$ 22 milhões (R$ 16,5 milhões, descontando os impostos) e se desfizeram de todos seus direitos integralmente. O Corinthians teria ficado com R$ 4,9 milhões, Garcia, R$ 6,6 milhões, e demais agentes com o restante.

Por conta de uma cláusula de sigilo fechada durante as negociações com o Bordeaux, o departamento jurídico do Corinthians não entra em detalhes com a imprensa sobre a porcentagem dos direitos vendidos. O Timão, contudo, teria acordado com os franceses que, em caso de venda futura do jogador por quantia acima de 3 milhões de euros, uma quantia seria repassada aos cofres alvinegros.

Malcom se transferiu para o Bordeaux no fim de janeiro. Com a camisa do clube francês, o atacante ex-Corinthians já cometeu uma gafe ao errar o nome do clube nas redes sociais e se referir como "Bordo". Dentro de campo, já estreou e até balançou as redes.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes