Tite admite desânimo após retrocesso e diz que Timão 'vai ter de perder para aprender'

Tite admite desânimo após retrocesso e diz que Timão 'vai ter de perder para aprender'

Por Meu Timão

Tite soma 350 jogos à frente do Corinthians

Tite soma 350 jogos à frente do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O elenco do Corinthians sofreu muitas mudanças no elenco em relação ao ano passado. E apesar do bom início de temporada, com quatro vitórias em quatro partidas no Paulistão, o técnico Tite reconheceu um ar de desânimo no clube após o retrocesso do planejamento alvinegro.

Em entrevista ao jornal Agora, o treinador do Timão destacou que não basta contratar jogadores de características semelhantes para substituir aqueles que deixaram a equipe. De acordo com Tite, é preciso tempo (e alguns prováveis reveses) para a o time amadurecer a se entrosar.

"Isso é normal, gerou sim (desânimo). As pessoas acham que tudo é fácil, tira um bota outro, pões e tal... As coisas não são assim. Lidamos com humanos, a construção de uma equipe, as relações, o grupo de trabalho. O que não pode é você viver no problema. Mas um tempo para que você lamente, um tempo para que você consiga dormir direito faz parte de quem é comprometido com uma casa", argumentou.

"A equipe está se formando, o campo vai falar, o sistema vai falar. O que mais me tirou o sono foi o retroceder etapas. Infelizmente, a gente vai ter de perder alguns jogos para aprender. É a lei da vida. A gente vai tentar minimizar isso", completou.

Desde o título do Brasileirão de 2015, o Corinthians perdeu Gil, Edu Dracena, Ralf, Renato Augusto, Jadson, Malcom e Vagner Love. Em compensação, chegaram ao Timão Douglas, Vilson, Balbuena, Marlone, Alan Mineiro, Guilherme, Giovanni Augusto e André. A diretoria ainda estuda a contratação de mais reforços.

O Corinthians estreia na fase de grupos da Libertadores de 2016 na noite desta quarta-feira. Os comandados de Tite enfrentarão o Cobresal, às 21h45 (horário de Brasília), em El Salvador, no Chile.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes