Em reconstrução da equipe, Tite se inspira em campanha histórica do Leicester na Inglaterra

Em reconstrução da equipe, Tite se inspira em campanha histórica do Leicester na Inglaterra

Por Meu Timão

Tite admira o futebol apresentado pelo Leicester, que se destaca pelo conjunto do grupo

Tite admira o futebol apresentado pelo Leicester, que se destaca pelo conjunto do grupo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Para suprir a saída de jogadores importantes, o Corinthians contratou novos reforços com o objetivo de manter a equipe forte para 2016. Sabendo que a comparação com o time que conquistou o hexacampeonato brasileiro é inevitável, Tite sempre pede paciência para que o grupo adquira entrosamento nesse período de reformulação. Sempre priorizando o conjunto, o comandante Corinthians citou o Leicester City como um exemplo de time bem organizado.

“O Leicester City está dando aula. Foi motivo de uma palestra minha. Tem dois jogadores, o Vardy e o Mahrez, se destacando. Eu mostrei para o grupo lances de bola parada defensiva e ofensiva do Leicester. As ações da equipe potencializam a individualidade. Precisa ter organização para a qualidade aparecer”, afirmou o treinador em entrevista ao jornal Agora, mostrando admiração com o time inglês.

O Leicester City é uma das maiores surpresas da Europa dos últimos anos. Depois de quase ser rebaixado na temporada passada, o clube surpreende ao ocupar a liderança da tão disputada Premier League – o Campeonato Inglês -, deixando para trás os tradicionais Manchester United, Arsenal, Liverpool, Manchester City, entre outros.

O atual líder da competição tem orçamentos bem inferiores em comparação com os grandes clubes da Inglaterra. Ao contrário de outras equipes que são consideradas zebras em competições mata-mata, o clube assegura a primeira posição com 26 rodadas disputadas, mostrando um bom futebol mesmo sem contar com grandes estrelas no elenco, enquanto os gigantes do país estão recheados de jogadores badalados, inclusive em seus bancos de reserva.

O Corinthians não pode ser comparado ao Leicester. Sua representatividade no Brasil, por si só, já não permite. No entanto, Tite usa o mais recente fenômeno inglês como exemplo para moldar sua equipe e formar um conjunto forte para a temporada, começando pela Libertadores, a grande ambição do clube e do torcedor.

Veja Mais:

  • Lucca jogou emprestado à Ponte Preta em 2017

    Proposta curiosa do Cruzeiro pode colocar atacante do Corinthians no São Paulo; entenda

    ver detalhes
  • Rodriguinho está na mira dos chineses

    Chineses intensificam sondagens, e Rodriguinho pode deixar Corinthians no início de 2018

    ver detalhes
  • SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    VÍDEO: SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    ver detalhes
  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes