Fratura, desmaio, apagão e gol no finalzinho marcam vitória do Corinthians contra Cobresal

Corinthians Corinthians 1 x 0 Cobresal Cobresal

Libertadores 2016

Fratura, desmaio, apagão e gol no finalzinho marcam vitória do Corinthians contra Cobresal

Por Meu Timão

Corinthians marcou nos minutos finais da partida

Corinthians marcou nos minutos finais da partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após a expectativa pela estreia, o Corinthians finalmente deu início à participação na Copa Libertadores. Em seu primeiro compromisso no torneio, o Timão foi até a pequena cidade de El Salvador, no Chile, e venceu o Cobresal, por 1 a 0, no Estádio El Cobre.

O desafio corinthiano para a estreia no torneio começou antes mesmo da bola rolar. Em meio a uma sequência de jogos, o grupo encarou uma logística difícil para chegar à pequena cidade de cerca de 7 mil habitantes, localizada a 2.600 metros de altitude.

Depois de promover rodízios nas últimas partidas, Tite optou por escalar a mesma equipe que fez a estreia no Campeonato Paulista, contra o XV de Piracicaba. Com os reforços contratados no banco e Elias - que na véspera da partida era dúvida por conta de dores na perna esquerda - como titular, o time entrou em campo com Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Romero, Rodriguinho e Lucca; Danilo. Entraram no decorrer do jogo Giovanni Augusto, André e Willians

Primeiro tempo

Como já era esperado, o jogo começou truncado, com poucas chances para as duas equipes. No entanto, quando os jogadores começavam a esquentar, os refletores do estádio apagaram, paralisando a partida por cerca de 20 minutos. Na volta, o reinício foi parecido com os primeiros minutos.

As melhores chances criadas pelo Cobresal vinham do lado de Fagner, em cruzamentos, mas Yago chegou bem em todos os lances para afastar o perigo. Em um dos lances, porém, o próprio zagueiro bateu o joelho no rosto de Cássio, que ficou alguns minutos desacordado e preocupou.

Apesar do susto, o goleiro se recuperou e o Corinthians, ainda que de maneira tímida, começou a melhorar. O Timão conseguiu trocar mais passes no meio de campo, mas não o suficiente para levar perigo ao adversário. Sem grandes jogadas com a bola rolando, a maior chance do jogo surgiu da bola parada. Nos minutos finais, Lucca cobrou falta da intermediária e quase abriu o placar ao chutar à direita do goleiro Cuerdo.

Segundo tempo

Para o início da segunda etapa, Tite promoveu apenas uma mudança: a entrada de Giovanni Augusto no lugar de Romero. Em comparação com o fim da primeira etapa, a qualidade diminuiu e as faltas, aumentaram. Até os 15 minutos o que marcou foi a lesão de Benítez, que caiu de mal jeito ao disputar uma bola com Fagner e torceu o braço ao cair no chão.

Insatisfeito com a falta de oportunidades do Timão, Tite fez sua segunda substituição aos 17 minutos, colocando André no lugar de Danilo, que entregou a braçadeira de capitão para Elias. Pouco tempo depois, aos 21, Yago ficou perto de marcar na segunda partida consecutiva, mas viu a bola bater no defensor e na trave antes de ir para fora após seu cabeceio.

Aos 32, Lucca tentou uma jogada individual pelo lado esquerdo, até conseguiu driblar o marcador, mas não teve sucesso na tentativa de cruzar para dentro da área. Aos 34, a última substituição do clube do Parque São Jorge: Willians no lugar de Elias. No entanto, as três alterações feitas não foram suficientes para inaugurar o placar - até o último minuto, quando o Lucca marcou e mudou a história de uma partida sonolenta.

O juiz acabou anotando o tento como gol contra do Cobresal, mas o Timão terminou com a vitória. Com o resultado, a equipe de Tite é a única a conseguir os 3 pontos no Grupo 8 da Copa Libertadores, já que o jogo entre Santa Fe e Cerro Porteño terminou em empate sem gols.

O Timão volta a jogar pela Libertadores daqui a duas semanas. No dia 2 de março, enfrenta o Santa Fe, na Arena Corinthians. Antes, a equipe segue com a maratona de jogos e tem três compromissos no Campeonato Paulista: Ferroviária, no dia 21; São Bento, no dia 24; e Oeste, no dia 27.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Cobresal

  • 1000 caracteres restantes