Depois de Danilo, Tite também relembra campanha vitoriosa de 2012 após vitória na estreia

2.9 mil visualizações 31 comentários

Por Meu Timão

Tite repetiu o discurso de Danilo e também relembrou o empate contra o Deportivo Táchira, em 2012

Tite repetiu o discurso de Danilo e também relembrou o empate contra o Deportivo Táchira, em 2012

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O gol marcado nos acréscimos da partida contra o Cobresal, nesta quarta-feira, causou uma comparação inevitável. Em 2012, ano em que conquistou o título inédito da Copa Libertadores, o Timão também marcou um gol nos minutos finais da partida contra o Deportivo Táchira, que na ocasião garantiu o empate fora de casa. Após o triunfo, Tite repetiu discurso de Danilo e também relembrou a estreia na campanha do título.

“Lembro que na Libertadores em que fomos campeões empatamos com o Táchira, 1 a 1, aos 47 do segundo tempo. Ser ou estar na liderança na primeira rodada é circunstancial, mas é extremamente importante vencer fora”, afirmou o treinador.

A estreia do Timão na Libertadores de 2012 completou quatro anos na última quarta-feira. Na época, o então campeão brasileiro – sem perder jogadores importantes – foi até a cidade San Cristóbal, onde encontrou dificuldades desde o começo da partida.

Logo aos 22 minutos os donos da casa abriram o placar, jogando um balde de água fria nos brasileiros. No entanto, o Corinthians não desanimou e seguiu em busca do empate. A insistência surtiu efeito apenas aos 48 do segundo tempo, quando Ralf aproveitou ótimo o cruzamento de Alex para marcar de cabeça e garantir o empate no início da saga corinthiana rumo ao título inédito.

Nesta quarta, novamente fora de casa, jogando na altitude de 2.600 metro de El Salvador após encarar uma viagem cansativa, o time de Tite enfrentou dificuldades em campo, principalmente pela forte marcação dos adversários. A melhor chance havia saído de bola parada, dos pés de Lucca, que cobrou uma falta perigosa no fim do primeiro tempo.

E foi Lucca o responsável por criar a jogada que garantiu o triunfo. Já no primeiro de acréscimo do segundo tempo, o atacante cruzou pelo lado esquerdo e viu o jogador adversário desviar para o gol, abrindo o placar e mostrando a garra do Corinthians em conseguir o resultado positivo.

A vontade até o fim do jogo, inclusive, foi destaca pelo treinador alvinegro como fundamental para que a equipe garantisse a vitória: “Estamos no processo de construção da equipe. A equipe não abriu mão de jogar. Ela buscou a vitória do primeiro ao último minuto”, comentou.

Veja Mais:

  • Jean (volante, Marítimo-POR), Camacho (volante, Santos) e Léo Príncipe (lateral, CRB) foram três dos 26 jogadores que deixaram o Corinthians sem render dinheiro nos últimos dois anos (2020 e 2021)

    Nos últimos dez anos, 117 atletas deixaram o Corinthians sem render dinheiro ao clube

    ver detalhes
  • Corinthians finalizou o primeiro treino preparatório para enfrentar o Bahia, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians se reapresenta e faz treino técnico e de finalizações de olho no duelo contra o Bahia

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero deixou o Corinthians em 2015; jogador tem contrato com o Internacional até o final de 2021, mas não deve vir ao Timão

    Diretor de futebol do Corinthians nega procura por Paolo Guerrero: 'Não há interesse'

    ver detalhes
  • Organizadas do Corinthians apoiaram Movimento Salve O Corinthians e reivindicam postura da diretoria

    Movimento de torcedores e organizadas do Corinthians enviam carta com reivindicações à diretoria

    ver detalhes
  • Corinthians x Magnus realizaram clássico nesta quinta-feira

    Corinthians é derrotado pelo Magnus por 3 a 2 em jogo da Liga Nacional de Futsal

    ver detalhes
  • Marquinhos começa como reserva, mas tem histórico de gols

    [Publi] Quanto vale um gol de um ex-Corinthians no jogo entre Brasil e Peru nesta quinta?

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x