Depois de Danilo, Tite também relembra campanha vitoriosa de 2012 após vitória na estreia

Depois de Danilo, Tite também relembra campanha vitoriosa de 2012 após vitória na estreia

Por Meu Timão

2.9 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Tite repetiu o discurso de Danilo e também relembrou o empate contra o Deportivo Táchira, em 2012

Tite repetiu o discurso de Danilo e também relembrou o empate contra o Deportivo Táchira, em 2012

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O gol marcado nos acréscimos da partida contra o Cobresal, nesta quarta-feira, causou uma comparação inevitável. Em 2012, ano em que conquistou o título inédito da Copa Libertadores, o Timão também marcou um gol nos minutos finais da partida contra o Deportivo Táchira, que na ocasião garantiu o empate fora de casa. Após o triunfo, Tite repetiu discurso de Danilo e também relembrou a estreia na campanha do título.

“Lembro que na Libertadores em que fomos campeões empatamos com o Táchira, 1 a 1, aos 47 do segundo tempo. Ser ou estar na liderança na primeira rodada é circunstancial, mas é extremamente importante vencer fora”, afirmou o treinador.

A estreia do Timão na Libertadores de 2012 completou quatro anos na última quarta-feira. Na época, o então campeão brasileiro – sem perder jogadores importantes – foi até a cidade San Cristóbal, onde encontrou dificuldades desde o começo da partida.

Logo aos 22 minutos os donos da casa abriram o placar, jogando um balde de água fria nos brasileiros. No entanto, o Corinthians não desanimou e seguiu em busca do empate. A insistência surtiu efeito apenas aos 48 do segundo tempo, quando Ralf aproveitou ótimo o cruzamento de Alex para marcar de cabeça e garantir o empate no início da saga corinthiana rumo ao título inédito.

Nesta quarta, novamente fora de casa, jogando na altitude de 2.600 metro de El Salvador após encarar uma viagem cansativa, o time de Tite enfrentou dificuldades em campo, principalmente pela forte marcação dos adversários. A melhor chance havia saído de bola parada, dos pés de Lucca, que cobrou uma falta perigosa no fim do primeiro tempo.

E foi Lucca o responsável por criar a jogada que garantiu o triunfo. Já no primeiro de acréscimo do segundo tempo, o atacante cruzou pelo lado esquerdo e viu o jogador adversário desviar para o gol, abrindo o placar e mostrando a garra do Corinthians em conseguir o resultado positivo.

A vontade até o fim do jogo, inclusive, foi destaca pelo treinador alvinegro como fundamental para que a equipe garantisse a vitória: “Estamos no processo de construção da equipe. A equipe não abriu mão de jogar. Ela buscou a vitória do primeiro ao último minuto”, comentou.

Veja Mais:

  • Felipe Ezabella durante a eleição no Parque São Jorge

    Preferência da opinião pública e manutenção do DNA da chapa: Ezabella comemora primeira eleição

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes