Boa fase de Felipe ‘preocupa’ torcedores do Corinthians

Boa fase de Felipe ‘preocupa’ torcedores do Corinthians

Por Meu Timão

49 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

O zagueiro Felipe recebeu proposta do Monaco, da França, mas deve permanecer no Timão

O zagueiro Felipe recebeu proposta do Monaco, da França, mas deve permanecer no Timão

Foto: Agência Corinthians

Fabián Balbuena, oficialmente apresentado pelo Corinthians nesta sexta-feira, é o segundo reforço do clube para a defesa, que também contratou Vilson. A chegada de novos atletas para o setor após a saída de Gil, no entanto, não preocupam Felipe, que segue como um dos jogadores que mais tem a titularidade garantida no elenco.

À medida que vem fazendo boas partidas, Felipe também vem “preocupando” o torcedor. Nesta sexta, um dos assuntos mais comentados no Fórum do Meu Timão foi que o bom desempenho do atleta o torna ainda mais visado pelos clubes europeus, e a preocupação é uma possível transferência no meio do ano.

Aos 26 anos, Felipe vive o melhor momento de sua carreira no Corinthians. Começando tarde no futebol, o zagueiro não foi formado em categorias de base e teve seu período de maior amadurecimento no próprio Alvinegro, onde chegou em 2012 após defender o Bragantino.

Em seu primeiro ano no clube, disputou apenas quatro partidas, sendo que em três delas ele entrou nos cinco minutos finais. Na época, o jogador nem sequer era cotado para ganhar uma vaga na defesa formada por Chicão e Leandro Castán, que conquistou o título da Libertadores, e mais tarde por Chicão e Paulo André, que venceu o Mundial de Clubes.

Para suprir a saída de Chicão, Felipe também não era opção e a diretoria buscou a contratação de Gil que logo assumiu a vaga ao lado de Paulo André. Juntos, os defensores formaram o pilar da defesa campeã do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana.

No início de 2014, a China já era responsável por levar jogadores do Corinthians e contratou Paulo André. Cléber, contratado no meio do ano anterior, ganhou a vaga e formou a dupla com Gil, mas depois acabou sendo negociado com o futebol alemão e foi substituído por Anderson Martins.

Com a ida de Anderson para o futebol árabe, Felipe, enfim, ganhou a oportunidade. Mais maduro, o jogador teve que lidar com a desconfiança da torcida e foi escolhido por Tite para o time titular, deixando Edu Dracena no banco.

Ao lado de Gil, ele ganhou confiança dos torcedores e passou a ter bons desempenhos. Juntos, os dois foram os titulares na campanha do hexacampeonato brasileiro.

E é em 2016 que Felipe vem vivendo seu momento mais importante. Com a saída de Gil, que foi para a China, o zagueiro assumiu um papel fundamental na sólida defesa do Corinthians – a marca do time nos últimos anos. A confiança de Tite só aumentou e ele já é uma das opções para ser capitão – como aconteceu no clássico contra o São Paulo – ao lado de jogadores experientes.

No início deste ano, o zagueiro chegou a receber sondagens da Europa, mas permaneceu no clube. Absoluto no time, o jogador tem agora o papel de apoiar Yago, assim como recebeu o apoio de Gil quando ganhou a vaga na equipe.

Veja Mais:

  • Balbuena segue sem estender vínculo com o Corinthians

    Corinthians aciona Vampeta para tentar ajudar na renovação de Balbuena; clube se pronuncia

    ver detalhes
  • Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

    Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

    ver detalhes
  • Timão recebe o arquirrival Palmeiras na Arena neste sábado

    Torcida garante 33 mil ingressos para primeiro Dérbi de 2018; venda física começa nesta quarta

    ver detalhes
  • Ralf foi apresentado pelo Corinthians no início da tarde desta terça-feira, no CT

    Apresentado, Ralf fala em 'momento de Gabriel', mas avisa: 'Vou buscar meu espaço'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes