Torcida do Corinthians leva faixas a Araraquara e faz novo protesto nas arquibancadas

Torcida do Corinthians leva faixas a Araraquara e faz novo protesto nas arquibancadas

Por Meu Timão

Torcida protesta no estádio Fonte Luminosa

Torcida protesta no estádio Fonte Luminosa

Foto: Twitter/Gaviões da Fiel

A torcida do Corinthians não se limita às arquibancadas da Arena para protestar. Em Araraquara, no estádio Fonte Luminosa, durante partida entre Timão e Ferroviária, neste domingo, torcedores exibiram faixas se manifestando contrários à Federação Paulista, à Confederação Brasileira de Futebol e ao deputado Fernando Capez.

As organizadas do Corinthians vem organizando atos há mais de um mês, seja nas arquibancadas, seja na sede da FPF. Os questionamentos da torcida às instituições dizem respeito ao abuso de autoridade de FPF e CBF, bem como casos de corrupção envolvendo as entidades.

No que diz respeito ao deputado tucano Fernando Capez, a crítica da torcida é acerca do envolvimento do político com um esquema de superfaturamento com merendas escolares. Capez, quando foi promotor, se declarou inimigo número 1 das organizadas e, agora, tornou-se alvo de protestos dos torcedores.

Vale ainda destacar que, em Araraquara, também foram exibidas faixas questionando preços de ingressos que vem sendo praticados no Paulistão, seja fora ou dentro de casa.

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes