Cássio assume falha após empate do Timão com Ferroviária: 'Tomei um gol defensável'

Cássio assume falha após empate do Timão com Ferroviária: 'Tomei um gol defensável'

Por Meu Timão

Partida chegou a ser paralisada para Cássio receber atendimento médico

Partida chegou a ser paralisada para Cássio receber atendimento médico

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians empatou em 2 a 2 com a Ferroviária na noite deste domingo e, apesar de a torcida colocar a culpa em outro jogador, quem assumiu ter falhado após o jogo foi o goleiro Cássio. O lance do segundo tento do time local, na opinião do arqueiro, era defensável.

"Seria muito fácil eu colocar a desculpa na perna. Não senti, não. Tomei um gol defensável. Acabei calculando mal. Teve alguns lances em que não calculei muito bem, estava inteiro na bola e não fiz a ação correta", disse, se referindo ao petardo de Juninho de fora da área.

"Agora é melhorar. Nosso time está em crescimento, eu também venho em evolução, e a gente vai evoluindo, vai crescendo, e tenho certeza que esses lances não vão se repetir novamente", completou.

Cássio sentiu dores na perna esquerda durante a partida, e o goleiro reserva Matheus Vidotto chegou a se aquecer parar entrar na meta alvinegra. O camisa 12, contudo, permaneceu em campo e, após a partida, fez questão de elogiar o jovem arqueiro do Timão. Walter, reserva imediato, está no departamento médico do clube.

"O ideal seria, por o Matheus ser um menino novo, não entrar em um jogo assim, mas se fosse uma gravidade grande, de não conseguir caminhar, eu sairia, porque tenho confiança nele. Ele treina, se dedica, é um menino que tem futuro muito grande no Corinthians", afirmou.

Cássio deve ser submetido a exames no CT Joaquim Grava para saber se tem condições de jogar contra o São Bento na próxima quarta-feira, em Sorocaba, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes