Gol de Giovanni Augusto salva invencibilidade de quase dois anos do Corinthians

Meia recém-chegado ao Timão ajudou equipe a sair com o empate diante da Ferroviária no último domingo
Giovanni Augusto marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians

Giovanni Augusto marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O gol anotado por Giovanni Augusto no fim do jogo do Corinthians contra a Ferroviária, que salvou a equipe alvinegra da derrota e garantiu o empate por 2 a 2, teve importância na busca por uma marca importante do clube no Paulistão. Graças ao tento do meia recém-chegado, o Timão manteve uma invencibilidade de quase dois anos no Estadual.

A última derrota do Timão aconteceu no dia 9 de março de 2014. Na ocasião, o Corinthians perdeu para o São Paulo por 3 a 2, no Pacaembu. Os dois gols alvinegros foram contra, anotados pelo então são-paulino Antônio Carlos.

De lá para cá, o Corinthians acumulou 17 vitórias e sete empates em 24 partidas realizadas, com 39 gols a favor e 13 contra. Restam duelos contra São Bento (24/2, fora), Oeste (27/2, casa) e Santos (6/2, fora) para completar dois anos de invencibilidade.

Em tempo: Tite, que deixou o cargo de técnico do Corinthians em dezembro de 2013 e assumiu a equipe novamente em dezembro de 2014, não sabe que é perder no Estadual desde 14 de abril de 2013, quando caiu para o Linense, por 2 a 1.

Gol de Giovanni Augusto salva invencibilidade de quase dois anos do Corinthians Gol de Giovanni Augusto salva invencibilidade de quase dois anos do Corinthians 63

Veja Mais:

  • Romero comemora gol e fim da zica na Arena Corinthians

    Corinthians vence Cruzeiro e leva vantagem para Minas Gerais

    ver detalhes
  • Mano Menezes reclamou de arbitragem após derrota para o Timão

    Mano Menezes reclama de arbitragem na Arena e repete 'mimimi' de Levir

    ver detalhes
  • Carille não agradou maioria dos leitores do Meu Timão

    Mesmo vencendo, Carille recebe segunda pior nota na partida

    ver detalhes
  • Mauri sugere preferência por Walter e afirma: 'titular em qualquer lugar'

    Mauri aponta decisão de Carille, mas declara apoio a Walter: 'titular em qualquer lugar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes