Edu Gaspar explica negociação por Clayton, minimiza 'concorrência' e diz: 'A decisão é do atleta'

Edu Gaspar explica negociação por Clayton, minimiza 'concorrência' e diz: 'A decisão é do atleta'

Por Meu Timão

Durante participação em programa esportivo, Edu Gaspar expôs o interesse do Corinthians em Clayton, do Figueirense

Durante participação em programa esportivo, Edu Gaspar expôs o interesse do Corinthians em Clayton, do Figueirense

Foto: Meu Timão/Mayara Munhoz

O Corinthians não pretende entrar na disputa com o Atlético-MG pelo atacante Clayton, destaque do Figueirense na temporada passada. Na noite desta segunda-feira, o gerente de futebol do Timão, Edu Gaspar, explicou a negociação com o time catarinense pelo jogador de 20 anos e ressaltou que a decisão cabe apenas ao atleta e seu staff.

“Não entramos em disputa alguma. É um atleta que temos interesse pelo potencial, pela pouca idade, foi bem na (Seleção) Sub-20. Mas desde o começo da temporada eu, o presidente, falamos a mesma língua: não vamos fazer nenhuma loucura. Vamos fazer as negociações dentro das nossas possibilidades”, disse o dirigente em participação no programa Bem, Amigos!, do SporTV.

O valor oferecido pelo Corinthians ao Figueirense gira em torno de 3 milhões de euros (cerca de R$ 13,4 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Clayton – valor pouco inferior ao proposto pelo Atlético-MG. No fim da tarde, uma reunião entre o empresário Jorge Machado e o presidente da equipe de Belo Horizonte, Daniel Nepomuceno, praticamente selou a transferência da joia.

Gaspar, entretanto, mostrou otimismo em relação à chegada do atacante ao Parque São Jorge. “Estando no clube como dirigente faz com que eu esteja otimista sempre. No final, a decisão é sempre do atleta. Então está bastante claro para ele, para seu agente, as condições, onde nós podemos chegar... Então é decisão deles”, ressaltou.

Se depender de Giovanni Augusto, Clayton não terá problemas de adaptação caso aceite a proposta do Corinthians. Em entrevista coletiva à tarde, o meia revelou ter enviado um recado ao ex-colega de Figueirense no WhatsApp (aplicativo para troca de mensagens). Questionado se a conversa entre os dois havia sido premeditada pela diretoria corinthiana, Gaspar foi pragmático. “Eles se falam, o que é normal. A proposta foi feita. Está em uma negociação avançada”.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes