Estudo mostra que arrecadação com bilheteria é 4 vezes maior em novas arenas

6.2 mil visualizações 51 comentários

Por Meu Timão

Corinthians e Arena lideram em público e bilheteria no Brasileiro de 2015

Corinthians e Arena lideram em público e bilheteria no Brasileiro de 2015

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Modernas e imponentes, as novas arenas do país têm mostrado que oferecem mais do que conforto aos torcedores: também são muito mais lucrativas em comparação aos estádios construídos há maior tempo, por exemplo, o Pacaembu. A informação é comprovada pelo estudo feito pela BDO Brazil, que mostra que a receita das arenas chega a ser quatro vezes superior.

Os principais fatores que determinam tal diferença são os maiores públicos e o ticket médio elevado. De acordo com o estudo, a arrecadação média das arenas é de R$ 1.053.129,00, contra R$ 268.633 dos estádios considerados antigos.

Os números apresentados no levantamento também foram analisados pelo Blog Olhar Crônico Esportivo, de Emerson Gonçalves, o qual chamou atenção pelo fato de o ingresso das arenas ser de R$ 42,98 – 67% mais caro que os R$ 25,71.

Na análise do público, mais uma grande diferença: média de 24.505 torcedores nas arenas, mais do que o dobro dos estádios antigos, com 10.447.

Como esperado, o Corinthians tem uma parcela elevada na contribuição para que os números das arenas sejam tão superiores. Dos quesitos citados, o Timão só não lidera no ticket médio (tem R$ 59,71 contra R$ 62,72 do Palmeiras). No entanto, mesmo com o ingresso “mais barato” que o do rival, o clube do Parque São Jorge tem maior público médio (34.150), maior público total (648.849) e maior renda total (R$ 38.740.818).

Se por um lado, o público do Campeonato Brasileiro segue mantendo uma média nos últimos dez anos, o valor arrecadado nunca foi tão alto, o que se deve muito à inflação, como aponta o blog. Na edição de 2015, 6,4 milhões de torcedores assistiram às partidas de suas equipes no estádio, número apenas 3% maior do que 2014, mas inferior ao Brasileiro de 2009, por exemplo. Já o total arrecadado em 2015 foi de R$ 236,2 milhões, 10% a mais do que o ano anterior, porém com grande superioridade em relação à 2009, que somou R$ 125,8 milhões.

Outras números importantes destacados impressionam: nove dos dez maiores públicos são de jogos realizados em arenas, assim como 49 dos 50 jogos com maior renda de bilheteria.

Veja Mais:

  • Duelo teve muita luta e poucas chances de gol

    Corinthians cria pouco e fica no empate sem gols na primeira final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Cássio recebe a maior nota dos leitores do Meu Timão após Dérbi sem gols

    Cássio 'se salva' e é o melhor do Corinthians em noite de avaliações ruins; meia é o pior

    ver detalhes
  • VÍDEO: Corinthians x Palmeiras | Ao vivo | Final do Campeonato Paulista 2020

    ver detalhes
  • Tiago Nunes analisou o Dérbi desta quarta-feira

    Tiago Nunes aponta equilíbrio em primeira final e projeta jogo de volta: 'Decidida no detalhe'

    ver detalhes
  • Luan foi o jogador mais criticado pela torcida nas redes sociais

    Torcida do Corinthians critica Tiago Nunes, questiona Luan e pede mudança para segunda final

    ver detalhes
  • Atacante Jô durante jogo contra o Palmeiras, pela final do Paulistão 2020

    Final entre Corinthians e Palmeiras bate recorde de audiência após paralisação

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: