Corinthians começa semana com três lesões e problemas na Arena

Corinthians começa semana com três lesões e problemas na Arena

Por Meu Timão

Em turnê pelo Brasil, líder dos Stones declarou torcer pelo Corinthians

Em turnê pelo Brasil, líder dos Stones declarou torcer pelo Corinthians

Foto: Divulgação

A fama de “pé frio” parece ter assolado Mick Jagger mais uma vez. Após o vocalista dos Rolling Stones declarar que torce pelo Timão, a semana do clube paulista se tornou problemática. Em apenas dois dias, o técnico Tite perdeu três jogadores por contusão, sendo que dois deles devem retomar os treinos somente em quatro semanas.

O primeiro “caso de azar” é o de Elias. Na segunda, o volante foi diagnosticado com uma fissura na fíbula esquerda pela pancada sofrida na partida contra o Audax, em 04 de fevereiro, pela segunda rodada do Paulistão. De acordo com o Dr. Julio Stancati, médico do Timão, o meio-campista ficará imobilizado de três a quatro semanas, sem previsão de retorno às atividades após o período.

Já nesta terça, a comissão técnica do Corinthians ganhou mais duas baixas. Depois de receber um carrinho violento diante da Ferroviária, no último domingo, Marlone passou por exames e teve constatada uma entorse no tornozelo direito. Segundo a assessoria de imprensa da agremiação do Parque São Jorge, o meia está fora de combate por, no mínimo, três semanas.

Não o bastante, a última “vítima” do astro do rock foi o goleiro titular do Timão. “Cássio está fora”, surpreendeu Tite em entrevista coletiva. O camisa 12 tem um edema muscular na coxa e sequer foi relacionado para a partida contra o São Bento, marcada para a noite desta quarta, em Sorocaba. O jovem Matheus Vidotto, de 22 anos, será seu substituto.

Para piorar, parte do teto do setor Oeste da Arena Corinthians caiu na última quinta – as causas do incidente não foram divulgadas. A área danificada pelo desabamento é de aproximadamente 50 metros quadrados. Os torcedores que forem ao estádio para acompanhar o jogo do Timão contra o Oeste, no sábado, notarão obras de reparação dos danos no local.

Jagger passou a ser conhecido como “azarado” quando foi à África do Sul na Copa do Mundo de 2010. Na ocasião, o líder dos Stones viu a seleção da Inglaterra perder para a Alemanha por 4 a 1. Em seguida, começou a torcer pelos Estados Unidos, que acabou eliminado pela Gana por 2 a 1. Na Copa de 2014, o cantor mostrou sua simpatia pelo Brasil, mas viu a Holanda sair vencedora.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes