No Corinthians desde 2012, Caixa iguala Pepsi e só perde para Kalunga em tempo de patrocínio

No Corinthians desde 2012, Caixa iguala Pepsi e só perde para Kalunga em tempo de patrocínio

Por Meu Timão

Corinthians e Caixa não entraram em acordo

Corinthians e Caixa não entraram em acordo

Foto: Agência Corinthians

Lá se vai uma era. A parceria entre Corinthians e Caixa, que chegou ao fim nesta quarta-feira, ficou na história do clube alvinegro como um dos patrocínios mais longínquos.

No peito do uniforme corintiano desde 2012, a Caixa esteve lado a lado com o Timão em cinco diferentes temporadas, igualando a Pepsi. A empresa de bebidas foi parceira do clube de 2000 a 2004.

Nem Caixa nem Pepsi, contudo, chegaram perto de superar a Kalunga, patrocinadora que por mais tempo esteve à frente do uniforme do Corinthians. A empresa do ramo de papelaria foi parceira do Timão de 1984 a 1995, por dez diferentes temporadas.

Vale lembrar que o banco estatal e o Corinthians decidiram encerrar a parceria, entre outros motivos, por conta de uma negociação travada entre o clube e o Bradesco (concorrente da Caixa) pelos naming rights da Arena e, possivelmente, um espaço na camisa do Timão.

VEJA OS CINCO MAIORES PATROCINADORES DA HISTÓRIA DO CORINTHIANS

Kalunga (dez temporadas): 1984-95
Pepsi (cinco temporadas): 2000-04
Caixa (cinco temporadas): 2012-16
Samsung (três temporadas): 2005-07
Batavo (três temporadas): 1999-00 e 2009

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes