Com retrospecto animador, Timão defende tabu de 29 anos sem derrotas para o São Bento

Última derrota do Corinthians para a equipe de Sorocaba aconteceu em 1987. Times se reencontram após nove anos
Corinthians de Tite entra em campo para defender tabu de 29 anos

Corinthians de Tite entra em campo para defender tabu de 29 anos

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Corinthians e São Bento medem forças na noite desta quarta-feira, em Sorocaba, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Em campo estará um tabu de 29 anos de invencibilidade do Timão diante da equipe do interior.

A última vez que o Corinthians foi derrotado pelo São Bento foi em 1987. Na ocasião, o Timão perdeu o duelo por 2 a 1, em peleja válida pelo segundo turno do Paulistão daquele ano.

O histórico do duelo traz amplo favoritismo ao Corinthians: são 42 vitórias do Timão, dez empates e apenas oito derrotas. Em relação ao número de gols marcados, o Alvinegro também vence de goleada: 110 a 37.

Vale lembrar que Corinthians e São Bento não se enfrentam desde 2007. Na ocasião, há nove anos, o Timão venceu o São Bento por 4 a 2, com gols de Jaílson (2), Christian e Marcelo Mattos. Naquele ano, o time do interior acabou rebaixado à Série A2 do Estadual.

Com retrospecto animador, Timão defende tabu de 29 anos sem derrotas para o São Bento Com retrospecto animador, Timão defende tabu de 29 anos sem derrotas para o São Bento 38

Veja Mais:

  • Cristóvão Borges deve mudar formação tática do Timão

    Cristóvão surpreende e define time titular contra o Internacional

    ver detalhes
  • Guilherme Arana não ficará nem no banco contra Internacional e Atlético-PR

    Corinthians divulga nota oficial sobre corte de Arana contra o Internacional

    ver detalhes
  • E se você fosse o Corinthians e Arena fosse a sua casa?

    [Danilo Augusto] E se você fosse o Corinthians e Arena fosse a sua casa?

    ver detalhes
  • Fagner pode ser punido por entrada em jogador do Flamengo

    STJD denuncia Fagner por entrada em flamenguista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes