Jogadores do Corinthians pedem paciência e valorizam empate na raça

Jogadores do Corinthians pedem paciência e valorizam empate na raça

Por Meu Timão

Capitão contra o São Bento, Edilson destacou a raça do Corinthians no empate desta quarta

Capitão contra o São Bento, Edilson destacou a raça do Corinthians no empate desta quarta

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ao analisar os números, o Corinthians surpreende por manter a invencibilidade no ano mesmo com uma equipe bem diferente em relação à temporada passada. Em campo, no entanto, o clube vem mostrando o porquê dessa sequência sem perder. Sem desistir do resultado, o Timão, mais uma vez, marcou nos minutos finais e garantiu o empate contra o São Bento, por 1 a 1, nesta quarta-feira. Para os jogadores, ainda é preciso paciência para o grupo adquirir entrosamento, porém, mesmo sem ele, a raça pode compensar e trazer bons resultados.

"Este ano vai ser na raça, como é a cara do Corinthians. Mas também vai ser na técnica. A equipe deles pouco criou, deu um chute a gol e a bola desviou. Procuramos o placar o tempo todo, felizmente pudemos empatar. A equipe está de parabéns por isso", afirmou Edilson, que foi o capitão da equipe nesta quarta-feira.

Apesar de a raça corinthiana ser destacada, os jogadores também gostam de ressaltar a qualidade do elenco. Para tirar maior proveito dessa segunda característica, Tite é apontado como peça fundamental na busca pelo entrosamento, como explica Guilherme.

“A camisa do Corinthians simboliza raça, mas tem jogadores de qualidade igual ou melhor a quem estava. Com paciência, vamos adquirindo o melhor futebol. O Tite é diferente, não só em treinamentos, mas também no tratamento aos atletas. A parte humana faz a diferença nele”, afirmou o camisa 10.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes