Vitor Júnior explica que processo contra jogo de vídeo game não prejudicará o Corinthians

Meia explicou que processo por aparecer no jogo Fifa é apenas contra a produtora do game e não afetará o Corinthians
Vitor Júnior confirmou que não tem nenhuma pendência com o Corinthians e intenção não é prejudicar o clube

Vitor Júnior confirmou que não tem nenhuma pendência com o Corinthians e intenção não é prejudicar o clube

Na semana passada, Corinthians e a EA Sports estavam envolvidos no processo feito por Vitor Júnior, que cobra seus direitos de imagem por fazer parte do jogo FIFA. O meia e seu advogado, no entanto, entraram com um recurso tirando o Alvinegro da ação com o objetivo de responsabilizar apenas a produtora.

"Entramos com um recurso e estamos aguardando o julgamento. A intenção do Vitor Júnior não é prejudicar o Corinthians, a ação é contra a produtora. Como o atleta não autorizou o Corinthians ao direito de imagem em videogame, não houve essa cessão, então diante disso o Corinthians não deveria fazer parte do processo, pois o Corinthians não tem o direito de ceder a imagem pessoal de ninguém. Ela é pessoal e só você pode transferir para alguém", disse Joaquim Gabriel Mina, advogado de Vitor Júnior, em entrevista à ESPN.

Alvo do processo, a EA Sports alegava que tinha os termos de licença junto ao Corinthians para reproduzir a imagem dos jogadores que representavam a equipe e envolveu o clube na ação, que pede o pagamento de R$ 120 mil ao jogador.

Além de seu advogado explicar melhor que o processo é destinado apenas à produtora, Vitor Júnior também fez questão de esclarecer o caso - já que se esperava que o Alvinegro também poderia ter prejuízo – e ressaltar que não tem nenhuma pendência com o time do Parque São Jorge.

“Não tenho nada contra o Corinthians, pelo contrário, sou muito grato ao Corinthians que sempre agiu de maneira correta comigo. E eu com eles, sempre cumpri minhas obrigações da melhor forma e com profissionalismo”, disse o atleta, que hoje defende o Al Quadisiyah, da Arábia Saudita.

Vitor Júnior explica que processo contra jogo de vídeo game não prejudicará o Corinthians Vitor Júnior explica que processo contra jogo de vídeo game não prejudicará o Corinthians 111

Veja Mais:

  • Cristóvão Borges deve mudar formação tática do Timão

    Cristóvão surpreende e define time titular contra o Internacional

    ver detalhes
  • Guilherme Arana não ficará nem no banco contra Internacional e Atlético-PR

    Corinthians divulga nota oficial sobre corte de Arana contra o Internacional

    ver detalhes
  • Jogadoras da Austrália treinando no Parque São Jorge

    Corinthians abre as portas da Fazendinha para seleções olímpicas

    ver detalhes
  • Meia não agradou a comissão técnica do time mineiro e pode ser devolvido

    Lanterna, América-MG estuda devolver meia ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes