Após fim da parceria, Corinthians esconde placas publicitárias da Caixa no CT Joaquim Grava

Após fim da parceria, Corinthians esconde placas publicitárias da Caixa no CT Joaquim Grava

Por Meu Timão

10 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Tite ao lado do filho, Matheus Bachi, em treino do Timão

Tite ao lado do filho, Matheus Bachi, em treino do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians tomou a "primeira medida" após o fim da parceria com a Caixa. No treinamento desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, jornalistas presentes no local puderam ver cobertas as placas publicitárias que outrora estampavam a marca do banco estatal. Os uniformes de treino da equipe também não constam mais com o logo da ex-patrocinadora.

Na noite da última quarta-feira, em jogo contra o São Bento, em Sorocaba, pelo Paulistão, o Corinthians utilizou o uniforme com o logo da Caixa no peito. A tendência é o mesmo não se repetir na partida do próximo sábado, contra o Oeste, na Arena.

Corinthians e Caixa romperam o patrocínio após cinco temporadas de parceria. O banco estatal assinou com o Timão em 2012, após a conquista da Libertadores, e teve como primeiro grande triunfo à frente do uniforme alvinegro o título do Mundial de Clubes daquele ano.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes