Caixa volta a procurar Corinthians e ainda não desiste de renovação

Caixa volta a procurar Corinthians e ainda não desiste de renovação

Por Meu Timão

Caixa ainda sonha renovar com o Corinthians por mais uma temporada

Caixa ainda sonha renovar com o Corinthians por mais uma temporada

Foto: Agência Corinthians

O patrocínio master do Corinthians para a temporada de 2016 ainda pode passar por uma reviravolta. Isso porque a Caixa segue procurando o Timão mesmo após a parceria ter chegado ao fim. A informação foi publicada no portal Uol.

Desde a última quinta-feira, o Corinthians vem treinando sem a marca do banco estampada nem no uniforme de treino nem nas placas publicitárias do CT Joaquim Grava. O clube, contudo, não se pronunciou oficialmente sobre o término do contrato de patrocínio.

Sabe-se que a Caixa ofereceu R$ 30 milhões para renovar com o Corinthians. Este, por sua vez, alegou ter ofertas de até R$ 37 milhões de outras duas empresas (uma delas do segmento bancário, concorrente da estatal, portanto). As conversas, então, não avançaram.

Ainda assim, a Caixa voltou a procurar a diretoria alvinegra nos últimos dias para tentar uma reviravolta na negociação, dada como encerrada por ambas as partes extraoficialmente.

Vale destacar que o banco estatal, também nos últimos dias, teve reuniões com dirigentes do São Paulo para tentar "substituir" o Corinthians. Para o rival do Morumbi, teriam sido oferecidos R$ 15 milhões pelo período de um ano, metade da proposta feita ao Timão.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes