Anderson Silva comemora vitória antes da hora e acaba derrotado por Bisping no UFC Londres

Corintiano se confunde, festeja sem ter nacauteado o adversário e acabe perdendo por unanimidade de acordo com os árbitros responsáveis pelo combate
Anderson Silva comemorou antes da hora

Anderson Silva comemorou antes da hora

Foto: Reprodução

O corintiano Anderson Silva não conseguiu recuperar o cinturão dos pesos-médios. Na noite deste sábado, em Londres, Spider acabou derrotado pelo inglês e ídolo local Michael Bisping, pelo UFC Fight Night 84. A luta foi marcada por um polêmico festejo do brasileiro antes da hora, pela desfigurada face do lutador britânico ao término da luta e pelo resultado unânime de acordo com os juízes responsáveis pelo combate.

Na opinião de Anderson Silva, contudo, o resultado foi injusto. No discurso pós-luta, em português, o lutador disparou contra o público e a arbitragem londrinos:

"Brasil, a parada é a seguinte. Não tem como vencer de um jeito eles tentam tirar do outro. Não tem o que falar. Missão cumprida. De vez em quando, é que nem no Brasil: corrupção total", disse.

No primeiro round, Anderson Silva abusou das "brincadeiras", quando baixou a guarda e se limitou a se esquivar das tentativas de golpes de Bisping. Ainda assim, Spider não caiu, apesar de ter levado alguns socos.

No round seguinte, Spider não mudou a postura. Desta vez, contudo, Bisping mostrou-se mais incisivo e conseguiu levar o corintiano ao chão. Com "pedaladas", Anderson afastou o inglês e se safou.

Após receber orientações de seu treinador, Anderson Silva adotou nova estratégia. Ao invés de se manter na defensiva, o corintiano partiu para o ataque no terceiro round e conseguiu encaixar uma grande sequência de golpes. Num desses golpes...

Nos minutos finais do round, uma polêmica: Bisping perdeu seu protetor bucal e, ao reclamar com a arbitragem, levou uma joelhada do Spider e caiu no exato momento em que o round acabou. O brasileiro se confundiu e achou que havia ganhado a luta, subindo nas grades do octógono e já comemorando a vitória. Somente após muita insistência dos árbitros é que Anderson entendeu que o inglês não havia sido nocauteado.

No quarto round, mais ofensivas de Anderson. O corintiano acertou um chute nas partes íntimas de Bisping, golpe considerado proibido pelas regras do UFC. No minuto seguinte, foi a vez do inglês usar "golpes baixos" e acertar uma dedada no olho do Spider, que solicitou atendimento médico. Levando em consideração os golpes válidos, o brasileiro foi quem se destacou, deixando o rosto do adversário ensanguentado e desfigurado.

No quinto e último round, Anderson Silva, aproveitando-se da já lamentável condição física do rival, se limitou a lutar no contra-ataque e acertar bons golpes. Venceu o round, mas não fez questão de nocauter Bisping. E pagou o preço...

Vale lembrar que Anderson Silva chegou para a luta deste sábado após superar diversos problemas recentes. O brasileiro havia perdido duas lutas contra o estadunidense Chris Weidman (uma delas por conta de uma fratura na perna). Ademais, Spider foi flagrado num exame antidopping após vitória sobre o também estadunidense Nick Diaz.

Anderson Silva comemora vitória antes da hora e acaba derrotado por Bisping no UFC Londres Anderson Silva comemora vitória antes da hora e acaba derrotado por Bisping no UFC Londres 264
2016-02-27T20:38:31-03:00

Veja Mais:

  • Gustavo irá treinar em dois períodos no Corinthians

    Gustavo pede e Corinthians libera treinamento especial

    ver detalhes
  • Primeiro jogo das quartas de final acontece nesta quarta; vaga à semifinal será definida na semana que vem

    Na Copa do Brasil, Corinthians enfrenta o Cruzeiro por 'missão semifinal'

    ver detalhes
  • Eduardo Ferreira fala em jogadores 'tarimbados' para 2017

    Diretor do Corinthians sinaliza busca por nome de peso para 2017 e faz pedido à Fiel

    ver detalhes
  • Walter será titular nesta quarta, contra o Cruzeiro, pois Cássio está machucado

    Declaração de Carille pega mal, e Walter ganha apoio avassalador da Fiel em enquete contra Cássio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes