Corinthians repete gol nos minutos finais e evita empate contra Oeste na Arena

O Corinthians recebeu o Oeste na noite deste sábado, na Arena em Itaquera. Sem nunca perder para o time de Itápolis, os jogadores defendiam também a sequência invicta no Paulista de quase dois anos.
Corinthians encarou o Oeste de Itápolis na Arena Corinthians

Corinthians encarou o Oeste de Itápolis na Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians recebeu o Oeste na noite deste sábado, na Arena em Itaquera. Sem nunca perder para o time de Itápolis, os jogadores defendiam também a sequência invicta no Paulista de quase dois anos, na noite em que Tite completou 100 jogos comandando o Timão na competição.

A equipe corinthiana não perde desde o dia 9 de março de 2014, sob o comando do técnico Mano Menezes. Já com Tite, o Corinthians foi campeão em 2013 e eliminado invicto, nos pênaltis em 2015 - portanto, a última derrota do treinador com o Timão na competição aconteceu em 13 de abril de 2013.

Apesar disso, o Timão não pode contar com o time completo: os goleiros Walter e Cássio, o volante Elias e o meia Marlone se recuperam de lesão. Por isso, o Corinthians foi a campo com a tradicional formação 4-1-4-1 com Matheus Vidotto, Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Rodriguinho, Guilherme e Lucca; André.

Já sem o patrocínio da Caixa, o Timão entrou com a camisa branca, sem nenhuma marca impressa na posição principal do uniforme.

Primeiro tempo

O Corinthians começou a primeira etapa mostrando ímpeto, mas errou muito no último passe e no momento da finalização. Assim, a equipe corinthiana acabou chegando muito mas tendo poucas chances de real perigo contra as redes do goleiro Fábio.

Os números colocaram o Timão em absoluta vantagem na etapa. Foram oito finalizações contra apenas uma do Oeste, além de 60% de posse de bola e 4 escanteios para o Corinthians.

Nos minutos finais, o Corinthians cresceu no jogo e acabou criando melhores chances. Mesmo assim, a etapa terminou com um empate sem gols e um jogo que deixou a desejar nos primeiros 45 minutos contra um dos lanternas do Campeonato.

Segundo tempo

A segunda etapa recomeçou com o Corinthians mostrando pouca evolução após o intervalo. Por isso, antes mesmo dos 12 minutos iniciais, Tite resolveu realizar mudanças na equipe: o treinador sacou Guilherme para a entrada de Luciano.

Aos 20 minutos, mais uma mudança veio com a saída de Lucca para a entrada de Romero. Por fim, aos 26, o Corinthians fez sua última substituição com a saída de André e a entrada de Danilo.

As mexidas melhoraram a ligação entre o meio campo e o ataque, mas o Corinthians continuou pecando muito nas finalizações. E o Oeste, claro, aproveitou a oportunidade para tentar conquistar o ponto fora de casa e segurou ainda mais o jogo.

O empate parecia estar sacramentado, quando, pela quarta vez consecutiva o Timão resolve o jogo nos minutos finais. Rodriguinho marcou e mudou a história da partida já nos acréscimos.

Repetindo a trajetória contra Cobresal, pela Libertadores, São Bento e Ferroviária, pelo Paulista, o Corinthians conseguiu um gol após os 45 minutos regulares. Com o resultado, o Timão permanece invicto e evita o terceiro empate seguido no Paulista.

O próximo compromisso corinthiano acontece nesta quarta-feira, dia 2, contra o Independiente Santa Fé, pela Libertadores. A partida será novamente realizada na Arena Corinthians, às 21h45.

Corinthians repete gol nos minutos finais e evita empate contra Oeste na Arena Corinthians repete gol nos minutos finais e evita empate contra Oeste na Arena 425

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Oeste

  • 1000 caracteres restantes