Tite vê Corinthians 'acima do esperado' e minimiza gols no fim: 'Pressão é aprendizado'

Tite vê Corinthians 'acima do esperado' e minimiza gols no fim: 'Pressão é aprendizado'

Por Meu Timão

Corinthians soma seis vitórias e dois empates nos oito jogos oficias da temporada 2016

Corinthians soma seis vitórias e dois empates nos oito jogos oficias da temporada 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

O técnico Tite parece estar satisfeito com o Corinthians "versão 2016". Apesar de ter buscado o gol da vitória de 1 a 0 sobre o Oeste, na noite deste sábado, na Arena, pelo Paulistão, apenas aos 46 minutos do segundo tempo, o Timão vai impressionando positivamente o treinador neste início de temporada.

"Pressão é também aprendizado, é manter nível de concentração. Dos últimos quatro jogos, vencemos dois e empatamos dois. Em termos emocionais não é legal. Tivemos 17 finalizações contra o São Bento e acertamos uma no gol. É um índice muito baixo", disse, em entrevista concedida ainda na Arena Corinthians após o duelo.

"Primeiro tempo (contra o Oeste) ela [equipe] estava muito nervosa. Eu vi um André muito mais rápido. Eu digo: ‘Calma, desacelera. Faz um domínio e um bom passe’. E tem construído, não por sorte, vou repetir de novo, ela tem construído ao longo do jogo esses resultados. Não estava abaixo do que esperava, está acima", completou.

Nos últimos quatro jogos, o Corinthians salvou resultados com gols no fim em todos. Contra Cobresal e Oeste, os tentos garantiram as vitórias por 1 a 0. Diante de Ferroviária e São Bento, os corinthianos balançaram as redes para garantir empates de 2 a 2 e 1 a 1.

"Tem que estar (preparado). Uma das frases que uso é ‘você precisa estar preparado pro jogo’. Se tu desequilibrar em termos emocionais, temos que antecipar esses processos. Os dois jogos são assim, hoje em casa. É normal o torcedor: ‘vamo, vamo!’. Calma, roda a bola que tu vai encontrar o espaço de finalização. Se tu não rodar a bola, tu não vai encontrar espaço. Essa equipe vai ter que forjar amadurecimento, construção de equipe é assim", comentou.

Em meio aos testes que a equipe vai tendo sob o comando de Tite, o Corinthians já tem compromisso pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Santa Fe, da Colômbia, em Itaquera.

"Tu vem com uma moeda tem dois lados, daqui a pouco ela tenha sido forjada emocionalmente nesses dois jogos. Pra ter uma naturalidade maior, um gelo maior, principalmente na posse de bola. Tomara que ela tenha aprendizado, jogar sob pressão, ela pode te dar esse beneficio. O lance da batida de escanteio e o Uendel ameaça... O Rodriguinho bate, e não é força, é jeito, tu traz esse lado técnico importante. Mas não dá pra comparar com o ano passado, era uma equipe muito rodada. Não compara. São etapas diferentes, são momentos diferentes", finalizou Tite.

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes