Trio ex-Corinthians se encontra em outro clube paulista e faz bonito na A3 do Paulistão

11 mil visualizações 41 comentários

Por Meu Timão

Jádson jogou no Corinthians em 2009 sob comando de Mano Menezes

Jádson jogou no Corinthians em 2009 sob comando de Mano Menezes

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Quis o destino que três jogadores formados nas categorias de base do Corinthians nas décadas passadas se encontrassem anos depois num outro clube da cidade de São Paulo. Com a camisa do Nacional, tradicional agremiação paulistana da Barra Funda, o goleiro Carlão, o lateral-direito Arnon e o meia Jádson vão fazendo bonito em 2016 na Série A3 do Paulistão.

Carlão é o mais velho do trio, com 35 anos. O goleiro chegou às categorias de base do Timão no fim da década de 90 e deixou o clube em meados de 2003. Atualmente, ele é tido como um dos principais arqueiros da história do Nacional, haja vista os seis anos nos quais vestiu a camisa azul e vermelha.

"Entrei no Corinthians com 14 anos e sai com 23. Foi um clube que me ensinou tudo e onde tive a oportunidade de trabalhar com grandes profissionais, que além de me ajudar a crescer profissionalmente, ajudaram na minha formação como homem. Ter a oportunidade de estar durante nove anos em um clube da grandeza do Corinthians é para poucos e consegui aproveitar bem, o que me ajudou na sequência da minha carreira", contou o arqueiro em entrevista ao site da Federação Paulista de Futebol.

(Foto: Rubens Fontes Neto/FPF)

"Tive um treinador de goleiros, o Solitinho, que mais me ensinou na vida. Como goleiro me ensinou quase tudo. Tenho a maior gratidão por ele", completou, lembrando o antecessor de Mauri Lima na comissão técnica do Corinthians.

A dupla Arnon e Jádson, por sua vez, é de uma geração mais recente. Os dois jogaram juntos nas categorias de base do Timão e se consagraram ao serem campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2009. Na final daquele torneio, o meia marcou um dos gols do Corinthians diante do Atlético-PR, foi promovido ao time principal por Mano Menezes e ganhou chance de treinar e até jogar ao lado de ninguém menos do que Ronaldo Fenômeno.

"Minha passagem pelo Corinthians foi uma conquista muito importante para minha vida, pois tinha um sonho de virar jogador e graças a Deus consegui conquistar esse objetivo. Consegui minha independência, em um clube de muita grandeza no futebol e tive a oportunidade de jogar com grandes profissionais que via apenas na televisão e eles puderam me ensinar muitas coisas", lembrou o meia.

"Minha experiência no Corinthians foi excelente, pois além de ser meu time do coração, foi uma experiência ímpar em fazer a base inteira vestindo a camisa do clube. Do sub-15 aos juniores, disputei vários campeonatos com várias conquistas e muitas viagens, o que me deu muita experiência", adicionou Arnon.

(Foto: Rubens Fontes Neto/FPF)

"Aprendi com os treinadores com quem trabalhei como o Zé Augusto e o Ladeira, quando fui campeão da Copa São Paulo, em 2009. A minha realidade agora é outra, assim como muitos atletas que tiveram oportunidade de passar pela base de outros grande clubes, mas que passam por clubes considerados menores, mas que buscam voltar aos grandes clubes", completou o lateral.

Carlão, Arnon e Jádson tem a missão de ajudar o Nacional a voltar à elite estadual. Como um passo tem de ser dado de cada vez, o primeiro objetivo é colocar a equipe da capital de volta à Série A2. Com a vitória de 10 a 0 sobre o Grêmio Barueri na última rodada da competição, o time da Barra Funda ocupa a sexta posição e, por enquanto, vai se classificando para a segunda fase da A3.

Veja Mais:

  • Matheus Davó está integrado ao elenco de Tiago Nunes desde o começo de 2020

    Contratação de Davó coleciona gafes no Corinthians desde o ano passado; veja lista

    ver detalhes
  • Evento na Arena Corinthians exibe uniforme com logo preto e branco

    Evento na Arena Corinthians exibe nova camisa com patrocínio em preto e branco; entenda

    ver detalhes
  • Colombiano Yony González durante o treino no CT Joaquim Grava

    Compra de Yony: diretor financeiro do Corinthians contradiz diretor de futebol do clube

    ver detalhes
  • Em 1920, o Corinthians goleou o Santos por 11 a 0

    11 a 0: Há exatos 100 anos, Corinthians batia o Santos e aplicava a maior goleada de sua história

    ver detalhes
  • Técnico Tite deixou Corinthians em 2016 rumo à Seleção Brasileira

    Com dedo de Tite, CBF muda para Arena Corinthians estreia da Seleção nas Eliminatórias da Copa-2022

    ver detalhes
  • Tiago Nunes comanda último treino do Corinthians na semana

    Corinthians trabalha cruzamentos e atividade tática em último treino da semana; veja fotos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: