Protestos na Vila Belmiro são relatos na súmula por árbitro do clássico

Protestos na Vila Belmiro são relatos na súmula por árbitro do clássico

Por Meu Timão

Protestos têm sido comuns em jogos do Timão

Protestos têm sido comuns em jogos do Timão

Foto: Reprodução

Os recentes protestos das torcidas organizadas, que iniciou com a Gaviões da Fiel, estão se tornando comum. Neste domingo, a torcida do Santos também fez sua parte e exibiu faixas na Vila Belmiro. O ato foi relatado na súmula da partida pelo árbitro Flavio Rodrigues de Souza.

Apesar dos protestos não terem interferido no jogo - como quando a partida foi paralisada para a retirada de uma faixa contra o Amarilla na Arena - o árbitro fez uma observação na súmula.

"A torcida do SC Corinthians Paulista exibiu a faixa com os seguintes dizeres: 'FPF, Federação, palhaçada, falcatrua'", descreveu o árbitro no documento. A observação ainda cita a faixa levada pela torcida do Santos, que reclamava do preço dos ingressos e da Rede Globo.

As faixas já estão se tornando marca registrada da Gaviões da Fiel e das principais torcidas alvinegras durante os jogos do Timão. As reclamações são contra os horários das partidas (os noturnos), os preços dos ingressos e a Rede Globo.

Confira o relato do árbitro na súmula do clássico

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes