Empresário nega problema de Pato no Chelsea: 'Não depende dele. Não é chegar e jogar'

Empresário nega problema de Pato no Chelsea: 'Não depende dele. Não é chegar e jogar'

Por Meu Timão

Integrado ao elenco inglês, Pato ainda não estreou pelo Chelsea

Integrado ao elenco inglês, Pato ainda não estreou pelo Chelsea

Foto: Divulgação/Chelsea

Emprestado por seis meses ao Chelsea (ING) desde o fim de janeiro, o atacante Alexandre Pato ainda não estreou com a camisa dos Blues. Jogador do Corinthians até o fim do ano, o atacante vive situação normal na Inglaterra, contudo. Ao menos é o garante o empresário Gilmar Veloz, responsável por agenciar a carreira do atleta.

"[Jogar] Não depende do Pato, né. O time tem seus jogadores, que já estavam lá, e ele tem de entrar num sequenciamento. Não é chegar e jogar. O treinador que decide. É uma contratação normal", alegou Veloz em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes.

"Não teve nada disso [intriga com o treinador]. Recebeu o Pato muito bem, todos os jogadores, inclusive o treinador. É que não é igual o Brasil que o cara é contratado hoje e já tem de jogar amanhã sem saber nada sobre os companheiros, sobre o esquema tático. Ele (Guus Hiddink) já foi claro e falou que o Pato tem de esperar, treinar junto, para aprender, conviver com os jogadores, entender o esquema do treinador", completou.

Há mais de um mês no Chelsea, Alexandre Pato foi relacionado para as últimas duas partidas da equipe. Em nenhuma delas, no entanto, o atleta saiu do banco de reservas. No última dia 1º, os Blues venceram o Norwich por 2 a 1; no último sábado, empatou com o Stoke City por 1 a 1. Ambos os jogos foram válidos pela Premier League.

"Desde o primeiro dia que chegou, treina com todo o grupo. Treina fisicamente e com bola. Fez quatro semanas de trabalho físico especial. A partir da terceira semana começou a entrar já no mesmo nível dos outros só esperando para ser relacionado e viajar. É o segundo jogo que ele viaja. O time vem ganhando, os atacantes fazendo gol... Está tudo dentro da normalidade", disse Veloz.

Vale lembrar que, ao acertar a transferência de Pato por seis meses ao Chelsea, o Corinthians economizará R$ 4,8 milhões em salários. Os Blues são os responsáveis por pagar os R$ 800 mil mensais ao atacante no período em que ele permanecer na Inglaterra.

Veja Mais:

  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes