Integrantes da Gaviões marcam presença em reunião do Conselho Deliberativo

Integrantes da Gaviões marcam presença em reunião do Conselho Deliberativo

Por Meu Timão

Fiel torcida acompanha reunião do Conselho do Corinthians nesta segunda-feira

Fiel torcida acompanha reunião do Conselho do Corinthians nesta segunda-feira

Foto: Lucas Faraldo Knopf/Meu Timão

Cerca de 30 membros da Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Corinthians, foram ao Parque São Jorge na noite desta segunda-feira para acompanhar a reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do clube, marcada para as 19h. Com rojões e instrumentos musicais, os torcedores entoaram gritos reivindicando maior transparência da diretoria, fim do repasse de 50% dos ganhos com o Fiel Torcedor à Omni, abertura das contas da Arena Corinthians, entre outros assuntos.

“Ô conselheiro, presta atenção. Pagar o seu ingresso é mais que a obrigação”, protestou o grupo, que ainda criticou a elitização do futebol paulista, o atual sistema de eleição do Timão e a exclusão de Fernando Capez (PSDB) da presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

“Put* que mancada, esqueceram do povão, só fizeram numerada”; “Não é mole não, passou da hora de acabar com esse chapão”; “Vergonha, vergonha, vergonha, o chapão é uma vergonha”; “Não é mole não, a exclusão do Capez não é mais que obrigação”; “Olê olê olê olê, olê olê olê olê, ô conselheiro, presta atenção, as contas do estádio são sua obrigação”, repetiram os corinthianos.

O encontro promete movimentar os bastidores do Corinthians, já que o ex-presidente Andrés Sanchez mostrará pela primeira vez os valores gastos na construção da Arena. Executivos da Odebrecht, responsável pela obra, e membros do fundo que administra o estádio devem comparecer à reunião.

Veja parte da manifestação da Gaviões na sede social do Corinthians

Alguns membros da Gaviões da Fiel hostilizaram os conselheiros atrasados para a reunião. Parte da organizada exigiu que o membro do Conselho explicasse o motivo do atraso no encontro. Em certo momento, o clima ficou “pesado”, mas não houve violência.

(Foto: Lucas Faraldo Knopf/Meu Timão)

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes