Timão quer tirar proveito de má fase do Cerro, mas alerta para 'clima diferente' da Libertadores

Treinador do time paraguaio está prestes a ser demitido, e jogadores do Corinthians analisam cenário para duelo desta quarta-feira
Cerro Porteño  empatou com o Santa Fe e venceu o Cobresal nos dois primeiros jogos da Libertadores

Cerro Porteño empatou com o Santa Fe e venceu o Cobresal nos dois primeiros jogos da Libertadores

Foto: Divulgação/Peru.com

Adversário do Corinthians na noite desta quarta-feira, em Assunção, no Paraguai, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, o Cerro Porteño vive uma crise. Com três derrotas consecutivas no torneio Abertura (a última nesse fim de semana), o clube está próximo de demitir o treinador César Farías.

De acordo com o jornal local ABC Color, a alta cúpula do Cerro estuda a saída do técnico venezuelano mesmo em caso de vitória sobre o Corinthians. Sob o comando de Farías, a equipe soma quatro vitórias, dois empares e cinco derrotas.

"Tomara (que o Corinthians tire proveito da má fase do Cerro). Realmente a gente sabe que quando muda de treinador dá um ânimo a mais para o adversário, então, ainda bem que não mudou ainda. Vamos tentar tirar proveito dessa má fase que eles estão vivendo aqui e fazer o nosso melhor", declarou o meia Rodriguinho, à Espn, na chegada ao hotel do Timão na capital paraguaia, na manhã desta terça-feira.

Na Libertadores, contudo, o Cerro Porteño está invicto: uma vitória, um empate e segunda posição no Grupo 8. É justamente a atmosfera construída em torno da competição sul-americana que deixa um outro meia do Corinthians de olhos abertos diante dos paraguaios:

"A gente sabe que a Libertadores é uma atmosfera diferente, não dá para levar em consideração esses últimos resultados deles. A seriedade e a importância tem o mesmo peso para a gente", comentou Guilherme, também na chega a Assunção.

Vale lembrar que o Corinthians lidera a chave com duas vitórias em dois jogos. Assim, brasileiros e paraguaios disputarão partida que vale a ponta do grupo.

Timão quer tirar proveito de má fase do Cerro, mas alerta para 'clima diferente' da Libertadores Timão quer tirar proveito de má fase do Cerro, mas alerta para 'clima diferente' da Libertadores 56

Veja Mais:

  • Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    [Marco Bello] Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade tem buscado diminuir dívidas do Corinthians a longo prazo

    Corinthians abre números, mostra dívidas diminuírem e tem lucro parcial em 2016

    ver detalhes
  • De volta ao Timão, Marciel deve enfrentar Botafogo neste sábado

    Sem Cássio, Carille surpreende e promove duas mudanças no time para pegar Botafogo

    ver detalhes
  • Carille terá 22 jogadores à disposição neste sábado contra o Botafogo

    Com só dois meias, Carille relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes