Time feminino do Corinthians sonha jogar na Arena; clube estuda possibilidade

Time feminino do Corinthians sonha jogar na Arena; clube estuda possibilidade

Equipe feminina do Corinthians voltou à ativa após sete anos

Equipe feminina do Corinthians voltou à ativa após sete anos

Foto: Divulgação

Uma boa notícia surgiu nos bastidores do Corinthians neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher. De acordo com apuração do Meu Timão, pessoas ligadas à Arena Corinthians, ao departamento de futebol masculino e à equipe feminina estudam a realização de ao menos uma partida do Brasileirão Feminino em Itaquera, no estádio do Timão.

Internamente, jogadoras do Corinthians já demonstraram algumas vezes nos últimos meses o desejo de atuar na Arena. Ciente do sonho das atletas, a comissão técnica passou o pedido aos responsáveis pela categoria no clube. Estes, por sua vez, costuram um acordo que não interfira no calendário da equipe masculina.

Jogar em Itaquera seria uma espécie de recompensa às jogadoras que vêm fazendo (muito) bonito com a camisa alvinegra no Brasileirão. Reativada no início desta temporada em parceria com o Grêmio Osasco Audax, a equipe feminina do Corinthians encerrou a primeira fase da competição com a segunda melhor campanha entre 20 participantes (três vitórias, um empate, 11 gols a favor e um gol contra).

Atualmente, em função da parceria com a equipe de Osasco, o Corinthians manda seus jogos com entrada franca à torcida, no estádio José Liberatti, no município localizado na região metropolitana de São Paulo. O Timão ainda estuda se cobrará ou não ingressos caso de fato mande alguma partida do Brasileirão Feminino em Itaquera.

Vale lembrar que a segunda fase da competição nacional se inicia daqui a duas semanas. O Corinthians disputará sua primeira partida diante do Iranduba-AM, na Arena Amazônia. São José-SP e Flamengo também estão no grupo do Timão. Todos jogam entre si, e os dois times com melhor colocação se classificam para as semifinais.

Confira um vídeo feito pelo Corinthians em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes