Após ter dois atletas expulsos, Corinthians volta a ter problemas de cartões na Libertadores

Durante a partida contra o Cerro Porteño, a equipe do Corinthians voltou a enfrentar um fantasma recente na Copa Libertadores: as expulsões de jogadores. Esse problema se repetiu na Libertadores 2015.
Contra o Cerro Porteño, o Corinthians voltou a sofrer com expulsão de jogadores

Contra o Cerro Porteño, o Corinthians voltou a sofrer com expulsão de jogadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Durante a partida contra o Cerro Porteño, a equipe do Corinthians voltou a enfrentar um fantasma recente na Copa Libertadores: as expulsões de jogadores. No Paraguai, André e Rodriguinho foram expulsos e deixaram o Timão com apenas nove jogadores em campo na segunda etapa. Esse problema se repetiu na Libertadores do ano passado, quando o time sofreu seis expulsões em dez partidas.

Em 2015, o Corinthians disputou dez jogos no torneio continental. Nesses jogos, seis jogadores foram expulsos. Curiosamente, todas as expulsões foram em dupla, ou seja, dois atletas receberam cartões vermelhos por partida. Os primeiros foram Paolo Guerrero e Fábio Santos que deixaram o jogo mais cedo contra o Once Caldas, ainda pela Pré-Libertadores.

Já na fase de grupos, o Timão perdeu para o São Paulo por 2 a 0, jogando no estádio do Morumbi. Nessa partida, os atacantes Emerson Sheik e Stiven Mendoza receberam cartões vermelhos do árbitro Sandro Meira Ricci.

Por fim, na fase de mata-mata, na partida que resultou na eliminação alvinegra da competição, outros dois jogadores foram expulsos: Jadson e Fábio Santos receberam um cartão vermelho cada. Na ocasião, o Timão perdeu para o Guaraní do Paraguai por 1 a 0, jogando na Arena.

O mais disciplinado - Ao contrário da Libertadores, o Corinthians terminou o Campeonato Brasileiro como a equipe mais disciplinada da competição. Foram 68 cartões amarelos em 38 rodadas, que dá uma média de 1,78 cartões por partida. Em relação as expulsões, foram apenas duas em toda a competição - Fagner foi expulso contra o Santos e Felipe contra o São Paulo.

A expulsão do centroavante André na noite desta quinta-feira quebrou uma marca que já durava sete meses. A última expulsão havia sido justamente a de Felipe diante do São Paulo - esse cartão, aliás, foi muito questionado pelos corinthianos.

Confira os números de cartões do Timão nas duas últimas temporadas

Libertadores 2015
10 jogos
- 16 cartões amarelos (média de 1,6 cartões por partida)
- 6 cartões vermelhos

Libertadores 2016
3 jogos
- 9 cartões amarelos (média de três cartões por partida)
- 2 cartões vermelhos

Campeonato Brasileiro 2015
38 rodadas
- 68 cartões amarelos (média de 1,78 cartões por partida)
- 2 vermelhos

Após ter dois atletas expulsos, Corinthians volta a ter problemas de cartões na Libertadores Após ter dois atletas expulsos, Corinthians volta a ter problemas de cartões na Libertadores 91

Veja Mais:

  • Gustavo, em ação pela primeira vez no Timão

    Em primeiro treino, Gustavo marca, dá assistência e se estranha com companheiro

    ver detalhes
  • Winner Play deixou o clube sem dívidas, garante Corinthians

    NR e dívida: Corinthians esclarece situação com Winner Play

    ver detalhes
  • Renato Augusto e Fagner, campeões brasileiros pelo Corinthians em 2015, se reencontraram na Seleção

    Fagner se apresenta à Seleção; Arana embarca para a Inglaterra

    ver detalhes
  • Romero atuou por 45 minutos na derrota para a Ponte Preta, sábado, no Moisés Lucarelli

    Ao lado do irmão, corinthiano Romero viaja ao Paraguai

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes