Edu Ferreira vê trabalho 'grandioso' de Tite e fala em 'obrigação' contra o Cerro Porteño

Edu Ferreira vê trabalho 'grandioso' de Tite e fala em 'obrigação' contra o Cerro Porteño

Por Meu Timão

Em entrevista a programa esportivo, Edu Ferreira rendeu elogios a Tite e projetou 'revanche' com o Cerro

Em entrevista a programa esportivo, Edu Ferreira rendeu elogios a Tite e projetou 'revanche' com o Cerro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians trata a partida contra o Cerro Porteño (PAR), nesta quarta-feira, na Arena, como decisiva para a classificação do clube às oitavas de final da Copa Libertadores da América. Contente com o trabalho realizado pelo técnico Tite, sobretudo após a reformulação do time hexacampeão brasileiro, o diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira falou sobre o assunto.

“É um jogo que, por ser em casa, temos a obrigação de buscar esses três pontos pra ficarmos um pouco tranquilos dentro do grupo. O trabalho está sendo esse, hoje o Tite já começa a preparar para quarta-feira, até amanhã (terça) deve definir o time que vai entrar em campo, mas com certeza vamos buscar esses três pontos”, disse Edu Ferreira, em entrevista ao canal BandSports.

Vice-líder do Grupo 8, com seis pontos, o Timão quer a vitória para assumir a primeira colocação e, de quebra, evitar que o Cerro Porteño dispare na disputa por uma das duas vagas que garantem o avanço para a próxima fase. O adversário paraguaio, aliás, derrotou a equipe paulista na última quarta, por 3 a 2, no Defensores del Chaco.

Para o dirigente, porém, o Corinthians está no caminho certo para recuperar os pontos perdidos no Paraguai. “Com certeza, o Tite cada vez mais despontando, fazendo um trabalho que não tem comentários, tanto para quem está dentro quanto para quem está fora. A gente vem percebendo esse trabalho grandioso que ele vem fazendo no Corinthians”, continuou o cartola.

Além do Cerro Porteño, o Timão foi superado por outros dois adversários nesta temporada: Atlético-MG (1 a 0, pela Florida Cup) e Santos (2 a 0, pelo Paulistão). Sincero, Ferreira admitiu que as duas derrotas consecutivas incomodaram, mas não trouxeram consequências à rotina do clube alvinegro.

“Qualquer derrota incomoda, ainda mais duas consecutivas. Mas o trabalho continuou o mesmo, nós sabíamos que a qualquer momento a gente reverteria isso e foi o que nós mostramos no jogo lá em Ribeirão Preto”, finalizou o diretor adjunto, se referindo à vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Botafogo-SP, no último domingo, pelo Estadual.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes