Edu Gaspar exalta Guilherme e diz que Timão pode 'abrir mão' de esquema em função do camisa 10

Edu Gaspar exalta Guilherme e diz que Timão pode 'abrir mão' de esquema em função do camisa 10

Por Meu Timão

51 mil visualizações 250 comentários Comunicar erro

Recém-chegado, Guilherme recebeu elogios do gerente de futebol Edu Gaspar

Recém-chegado, Guilherme recebeu elogios do gerente de futebol Edu Gaspar

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda criticado por parte da torcida corinthiana, o meia-atacante Guilherme tem “enchido os olhos” da comissão técnica e da direção do clube. Para Edu Gaspar, gerente de futebol do Timão, as atuações do camisa 10 têm agradado a Tite, que pode trocar o tradicional 4-1-4-1 por um sistema tático com dois atacantes.

“O Guilherme nós estávamos discutindo com a saída do Jadson (negociado com o Tianjin Quanjian-CHN) um jogador que enxerga 3D, como o Tite fala. Um jogador que faz uma jogada diferente, que dá uma luz pro jogo, quando ninguém espera enfia uma bola”, afirmou Edu Gaspar, em entrevista ao canal FOX Sports.

“E nós enxergamos no Guilherme esse atleta, ele está numa fase nova dentro do Corinthians de adaptação, ele está jogando na segunda linha de quatro, está aprendendo agora a fazer recomposição”, acrescentou o ex-jogador. Gaspar ainda revelou que o desempenho do meia na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo-SP, domingo, em Ribeirão Preto, foi bastante elogiada nos bastidores.

“No jogo passado contra o Botafogo-SP, o Guilherme fez ações dentro do jogo que nos encheu os olhos. Talvez muitos não enxergam isso, mas nós temos que enxergar”, explicou o cartola. Contratado no início da temporada, Guilherme disputou sete partidas pelo Corinthians foi às redes em duas oportunidades: nos triunfos sobre Capivariano (2 a 1) e Independiente Santa Fe-COL (1 a 0).

“Jogar bem ele vai jogar, mas o Tite quer que ele tenha noção tática de recompor bem a linha de quatro, ser competitivo, que o Guilherme é menos competitivo por ser um cara mais jogador, que gosta mais da bola. São alguns ajustes que colocamos, mas as características que nós colocávamos nós queremos que esse atleta tenha”, ponderou o dirigente.

Questionado sobre a evolução do camisa 10, Gaspar sinalizou que a comissão técnica não descarta a implantação do esquema 4-4-2 – nos últimos anos, Guilherme se destacou por marcar gols, não por ser o “homem de criação”. “Nós até comentamos um sistema que, futuramente, o time possa vir a jogar no 4-4-2. Duas linhas de quatro, o Guilherme de segundo atacante, quem sabe ali mais próximo da área. Isso foi discutido antes da chegada do Guilherme, onde ele poderia render da melhor maneira possível”, concluiu.

Veja Mais:

  • Grupo de oposição obtém valor atualizado das CIDs da Arena Corinthians

    Arena Corinthians: grupo de oposição obtém valor atualizado dos CIDs

    ver detalhes
  • Sérgio Diaz tem apenas quatro jogos pelo Timão e nenhum gol marcado

    Corinthians estuda devolver o paraguaio Sergio Díaz ao Real Madrid no meio desta temporada

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille, Fagner & cia. parece mesmo ter 'pacto com diabo'?

    Torcedores rivais voltam a acusar Corinthians de 'pacto com diabo'; veja comentários

    ver detalhes
  • Cássio levanta o troféu de Campeão Paulista 2019

    Cássio dá de ombros para 'divergência histórica' com Marcelinho, mas revela meta no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes