Neto relembra título do Brasileiro de 90 e cita falta de consideração do Corinthians

Neto relembra título do Brasileiro de 90 e cita falta de consideração do Corinthians

Por Meu Timão

Neto foi um dos principais nomes do time campeão do Brasileiro de 90

Neto foi um dos principais nomes do time campeão do Brasileiro de 90

Foto: Reprodução / Site Oficial

Um dos grandes ídolos da história do Corinthians, Neto relembrou sua principal conquista pelo clube: o Campeonato Brasileiro de 1990. Além de destacar toda a importância do título para ele e para todos os corinthianos, o ex-jogador também não escondeu seu descontentamento com a diretoria e citou que faltou consideração dos mandatários alvinegros.

“Completou 25 anos (título brasileiro de 1990) e o Corinthians não fez absolutamente nada, mas o torcedor sim. Fico muito triste, porque você pode mandar de uma maneira legal um telegrama ou uma placa de 25 anos, mas isso eles não tiveram capacidade de fazer... Agora os torcedores e as pessoas que me acompanham e me encontram agradecem. Vencemos equipes melhores que a nossa como, Bahia, Atlético-MG e São Paulo, de uma maneira muito sólida. Por isso que o Corinthians tem seis títulos brasileiros hoje”, disse Neto em entrevista ao Goal Brasil.

Pelo Timão, o antigo camisa 10 disputou 228 jogos e marcou 80 gols. Atualmente trabalhando como comentarista a apresentador de programas de futebol na TV Bandeirantes, Neto já chegou a afirmar que tinha intenção de ser presidente do Corinthians. No entanto, a ideia, segunda ele, já está descartada.

“Não (risos). O Cascão (assessor) e meu advogado acham que eu tenho que ser, mas a cada dia vejo que esse mundo não é meu. Não é compatível ao que penso sobre a vida ou um clube de futebol. Não é possível que o Corinthians na década de 90, com R$ 20 milhões, conseguia fazer o que fazia e ficar com o salário atrasado. Não é possível hoje, o Palmeiras, com R$ 350 milhões, precisar que o seu presidente empreste dinheiro para pagar o salário dos caras", explicou o jogador, justificando o porquê de ter abandonado a ideia.

"Não sei se tenho estômago ou capacidade de compreender e entender como é esse tipo de coisa, então aos poucos estou desfazendo essa ideia e dificilmente vou me candidatar a qualquer cargo público”, acrescentou.

Veja Mais:

  • Timão conquistou Paulistão sobre a Ponte Preta; times voltam a se enfrentar logo na abertura de 2018

    Corinthians e Ponte Preta reeditam final na abertura do Paulistão 2018; veja a tabela

    ver detalhes
  • Alessandro Nunes e Roberto de Andrade são responsáveis por formar elenco de 2018

    Presidente do Corinthians estabelece número ideal de contratações para 2018 e promete time forte

    ver detalhes
  • Carille deve ajudar Jô na missão do atacante pela artilharia

    Reta final do Corinthians terá titulares contra Flamengo e Atlético-MG e reservas diante do Sport

    ver detalhes
  • Sem 'canetadas', Corinthians é maior campeão nacional com sete títulos brasileiros

    'Corinthians é o maior campeão brasileiro', diz historiador palmeirense da USP

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes