Yago é mantido como titular, mas tem Balbuena como sombra no Corinthians

1.7 mil visualizações 43 comentários

Por Meu Timão

Com a confiança do treinador, Yago terá que continuar jogando em alto nível para manter a titularidade

Com a confiança do treinador, Yago terá que continuar jogando em alto nível para manter a titularidade

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Antes do confronto desta quarta-feira, as dúvidas do Corinthians não eram só quem seriam os substitutos de Rodriguinho e André, que foram suspensos no último jogo. Havia também a possibilidade de Tite promover uma alteração na defesa, porém Yago foi mantido e será titular ao lado de Felipe, formação que vem sendo adotada como a principal por Tite desde o começo do ano.

A expectativa de Balbuena ganhar uma vaga na equipe aumentou após o paraguaio ter jogado bem no último domingo, na vitória por 3 a 0 contra o Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista. Aliás, apesar do bom aproveitamento defensivo, o zagueiro foi quem recebeu a melhor avaliação da torcida corinthiana após o confronto.

No entanto, Tite ainda confia em Yago para mantê-lo como titular. Apesar de ter escorregado em um dos gols do Santos, na primeira derrota do Timão na temporada, o zagueiro não comprometeu e equipe e vem superando às expectativas.

O jovem zagueiro de 23 anos conseguiu suportar a pressão e aproveitou a saída de Gil para ganhar uma vaga no time. Com o trabalho mostrado nesta temporada, ganhou a confiança do treinador e agora sabe que deve manter o alto nível para resistir à pressão do companheiro de posição.

Ao ser questionado sobre a decisão para o jogo desta quarta, o técnico citou a sequência, justificando a escolha de Yago, porém ressaltou que a equipe ganha bastante em ter jogadores jogando bem em busca da posição.

“Há o desempenho, a sequência. Quero dizer que Felipe e Yago estão bem e estão botando pressão no Balbuena. É assim que se eleva o nível”, disse Tite.

A derrota para o Santos foi a primeira de Yago em jogos oficiais pelo Corinthians. Até o clássico, ele havia disputado 24 jogos, acumulando o invejável retrospecto de 20 vitórias e quatro empates.

Neste ano, o jogador foi utilizado em nove partidas e marcou um gol, no clássico contra o São Paulo. Já Balbuena, contratado para suprir a saída de Gil, jogou quatro jogos – três deles como titular.

Veja Mais:

  • Cazares ficará à disposição de Coelho na Neo Química Arena

    Coelho confirma Cazares entre os relacionados e se anima após conversa com o meia: 'Ele quer demais'

    ver detalhes
  • Cássio no treinamento deste sábado no CT Dr. Joaquim Grava

    Cássio tenta encerrar maior sequência de jogos sendo vazado no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians vem sendo alvo de inúmeros processos trabalhistas; condenação na ação de ex-controller é mais uma dor de cabeça

    Corinthians é condenado em ação de ex-controller de Dualib; advogado pede bloqueio do naming rights

    ver detalhes
  • Mário Gobbi Filho e Paulo Garcia devem se unir para disputar a eleição presidencial contra Duílio Monteiro Alves, Augusto Mello e Ricardo Martitan

    Eleição no Corinthians: coalizão entre Mário Gobbi e Paulo Garcia é encaminhada após reuniões

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou o treinamento deste sábado no CT Joaquim Grava

    Coelho manda indireta sobre o Corinthians: 'Ser comandante não é ser dono do CT ou do clube'

    ver detalhes
  • Corinthians se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

    Corinthians fecha rodada a um ponto da zona de rebaixamento; time só ganhou de quem está atrás

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: