Em noite de Lucca, Timão vence o Cerro e assume liderança do grupo na Libertadores

Corinthians Corinthians 2 x 0 Cerro Porteño Cerro Porteño

Libertadores 2016

Em noite de Lucca, Timão vence o Cerro e assume liderança do grupo na Libertadores

Por Meu Timão

Corinthians venceu o Cerro Porteño na noite desta quarta-feira

Corinthians venceu o Cerro Porteño na noite desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois da derrota no Paraguai, o Corinthians recebeu o Cerro Porteño na Arena e não deu chances para o adversário. Pressionou e dominou os 90 minutos da partida e saiu com a vitória, conquistando a liderança do grupo 8 da Libertadores. O Timão venceu o duelo por 2 a 0.

O grande nome do jogo foi o atacante Lucca. Após algumas partidas abaixo da média, o jogador voltou a atuar bem e fez seu melhor jogo com a camisa do Timão. O atacante participou da maioria das jogadas de perigo da partida e marcou os dois gols na noite. Agora ele é o artilheiro da equipe em 2016, ao lado de Romero, com quatro gols cada um.

Além da pressão dentro de campo, o Cerro Porteño também precisou lidar com a força da Fiel. 42.403 pagantes compareceram ao estádio alvinegro, que registrou o maior público do Corinthians em 2016.

Só deu Timão!

Jogando em casa, o Corinthians começou pressionando o Cerro. Logo aos quatro minutos da partida, em um contra-ataque veloz, Luciano tocou para Maycon na entrada da área. O volante acertou um chute na trave de Silva, mostrando o cartão de visita alvinegro.

Os primeiros minutos da partida ficaram marcados pela boa participação de Uendel e Lucca. Boa parte das jogadas criadas saíram dos pés do lateral Uendel. Lucca também chegou bem no gol.

Pressionado, o Cerro tentava sair com velocidade, mas não conseguia passar pela zaga alvinegra. A primeira chance, aos nove, saiu dos pés de Rodrigo Rojas, mas foi para fora. Cássio ficou com o tiro de meta.

Com poucas chances, os paraguaios começaram a marcar mais faltas. Aos 20 minutos, Víctor Mareco dividiu forte com Luciano e depois falou algo. O atacante do Timão não gostou do que ouviu e discutiu com o jogador. O árbitro amarelou os dois jogadores pela confusão.

Minutos depois, aos 23, a pressão deu resultado. Bruno Henrique dividiu uma bola dentro da área e deu passe para Lucca. O atacante se antecipou ao zagueiro do Cerro e abriu o placar para o Timão na Arena. 1 a 0.

Aproveitando o embalo do gol, aos 27, Lucca passou a bola para Giovanni Augusto, que cruzou rasteiro dentro da área. Luciano tentou um carrinho, mas não acertou a bola levando a Fiel a loucura.

Somente aos 32, o Cerro conseguiu criar uma nova chance de gol. Rojas cobrou falta e Felipe cortou de cabeça, mas a bola passou muito perto de Cássio, assustando aos torcedores. Dois minutos depois, porém, foi a vez do Timão levar perigo ao gol de Anthony Silva. Lucca recebeu de Guilherme e arriscou um belo chute de fora da área, a bola fez uma curva e quase entrou na gaveta. Seria um golaço!

Mesmo com o final do primeiro tempo próximo, o Corinthians continuou indo para cima. Aos 36, Giovanni Augusto apareceu pela direita e bateu colocado. Silva se esticou todo e evitou o segundo gol. Aos 38, Maycon apareceu como homem surpresa dentro da área, livre, mas não conseguiu se livrar de Silva. A bola escapou e a zaga afastou.

Com grande superioridade do Timão, o primeiro tempo acabou com o placar de 1 a 0. O Corinthians teve 68% de posse de bola e finalizou sete vezes para o gol na etapa inicial.

Lucca de novo!

As duas equipes retornaram a campo sem alterações para o segundo tempo. De novo, o Timão não deu nem tempo para os jogadores paraguaios pensarem. Logo aos três minutos, Lucca apareceu pela esquerda e fez o cruzamento, mas a zaga do Cerro tirou. Na sobra, Uendel chegou até a linha de fundo, mas cruzou muito fechado e Silva defendeu.

Na tentativa de evitar um domínio amplo, como no primeiro tempo, o Cerro passou a bater mais. Maycon sofreu falta dura de Oviedo na esquerda. Minutos depois, Estigarribia empurrou claramente Fagner. Nenhuma das duas faltas rendeu punição aos paraguaios.

Antes dos dez minutos, Lucca protagonizou dois grandes lances. No primeiro, Fagner apareceu na área e tocou para Lucca, que bateu de primeira e quase marcou. Um minuto depois, ele deu um lençol em Valdez com toque de cabeça, avançou com velocidade e bateu rasteiro. Silva se esticou todo e fez a defesa.

Depois das tentativas frustadas, finalmente, o camisa 30 conseguiu mandar a bola novamente para o fundo do gol. Aos 16 minutos, o atacante tentou cruzar para a área e o zagueiro Victor Mareco tentou tirar de cabeça, mas mandou a bola direto para dentro do gol. O árbitro deu o gol para o atacante do Timão. 2 a 0.

Depois do segundo gol, o jogo deu uma acalmada, mas o Corinthians continuou pressionando. Aos 23 minutos, Maycon recebeu cruzamento, levantou a cabeça e cruzou na medida para Luciano. O atacante finalizou por cima do gol do Cerro.

Aos 27, um susto para a Fiel! O meia Giovanni Augusto, que fez boa partida, caiu no gramado após chutar a bola, sozinho. O camisa 17 recebeu atendimento médico e retornou normalmente para o jogo. Danilo, no banco, chegou até a aquecer para entrar.

Com o jogo encaminhando para a reta final, o técnico Tite promoveu a primeira mudança na equipe. Aos 32, o atacante Luciano deixou o campo muito ovacionado pela torcida para a entrada de Danilo. Aos 35, foi a vez de Bruno Henrique sair para a entrada de Willians.

Na sequência, o Cerro Porteño conseguiu chegar com perigo pela direita. Bonet bateu rasteiro e Cássio caiu no canto e fez bela defesa. O camisa 12 quase não foi exigido durante a partida.

Com o placar favorável e faltando pouco para acabar o duelo, o técnico Tite começou a pedir para os jogadores manterem a bola no pé. Para fechar, aos 43, o treinador ainda promoveu a entrada de Alan Mineiro no lugar de Giovanni Augusto. A vitória garantiu a liderança do grupo 8 para o Timão. A equipe agora tem nove pontos - Santa Fe e Cerro possuem sete; o Cobresal segue zerado. Todo o grupo já realizou quatro partidas.

O próximo compromisso do Corinthians já é neste sábado. A equipe recebe o Linense, novamente na Arena, às 16h. A partida será válida pela décima rodada do Paulistão. Pela Libertadores, o Timão só volta a jogar em abril, no dia 6, contra o Santa Fé, em Bogotá.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Cerro Porteño

  • 1000 caracteres restantes