Giovanni assusta, revela pedido de Tite e diz: 'Vou jogar nem que seja só com uma perna'

Giovanni assusta, revela pedido de Tite e diz: 'Vou jogar nem que seja só com uma perna'

Por Meu Timão

Giovanni Augusto revelou pedido de Tite

Giovanni Augusto revelou pedido de Tite

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians fez sua parte e venceu o Cerro Porteño por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, pela Libertadores, na Arena. A torcida do Timão, contudo, levou um susto no decorrer da partida. Isso porque o meia Giovanni Augusto torceu o tornozelo direito, caiu reclamando bastante de dores e precisou de atendimento médico.

Giovanni, contudo, conseguiu se recuperar e seguir na partida até o apito final. Na saída do gramado, o jogador admitiu ter se preocupado com a suposta gravidade do machucado, mas mostrou-se tranquilo e inclusive revelou um pedido feito por Tite ao elenco alvinegro.

"Vou (estar à disposição para o próximo jogo), nem que seja só com uma perna. Na hora que torci fiquei preocupado. Mas na mesma hora lembrei do que o professor Tite pede, para sustentarmos a dor e não sairmos da partida", comentou, se referindo à partida contra o Linense, no sábado, pelo Campeonato Paulista.

Por fim, o meia do Corinthians também comemorou a superação da equipe em relação ao jogo da semana passada, quando havia perdido por 3 a 2 para o time paraguaio. Na ocasião, o Timão teve Rodriguinho e André expulsos. Desta vez, o "jogo limpo" tão prezado por Tite prevaleceu e ninguém levou cartão vermelho.

"Jogamos do jeito que a Libertadores pede, com muita raça. O que mais me preocupava era nosso psicológico, porque a equipe deles catimba muito o jogo, provoca muito. Conseguimos começar com 11 e terminar com 11, sem ninguém ser expulso. Nossa qualidade técnica foi superior", avaliou Giovanni.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes