Andrés Sanchez diz desconhecer esquema de propina apontado pela Lava Jato: 'Não há o que temer'

Andrés Sanchez diz desconhecer esquema de propina apontado pela Lava Jato: 'Não há o que temer'

Por Meu Timão

Andrés Sanchez foi um dos principais responsáveis pela construção da Arena Corinthians

Andrés Sanchez foi um dos principais responsáveis pela construção da Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em breve entrevista concedida nesta terça-feira à Folha de S. Paulo, Andrés Sanchez negou qualquer envolvimento com o provável esquema de propina envolvendo obras da Arena Corinthians. O ex-presidente do Timão e atual deputado federal foi um dos principais responsáveis pela construção do estádio.

"Não é verdade. Ou eu pelo menos nunca soube e para mim nunca teve (propina). E se teve também quero saber para conseguir um desconto no valor da obra. A Arena vai custar menos", disse.

"Espero que se investigue logo tudo para pôr fim nessas especulações. Se alguém fez merda, que se pague. Não tenho nada a temer, nem o Corinthians, nem a Arena", completou.

Na manhã desta terça-feira a Arena Corinthians entrou em xeque nas investigações da Lava Jato. O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, coordenador da força-tarefa da Operação em Curitiba, afirmou que a construção do estádio foi viabilizada com pagamento de propina pela construtora Odebrecht.

Também nesta terça, pela 26ª fase da Lava Jato, o vice-presidente do Timão e chefe de gabinete de Andrés Sanchez, André Luiz de Oliveira, popularmente conhecido como André Negão, foi levado pela Polícia Federal também nesta terça para prestar depoimento. O Ministério Público especula que ele tenha recebido até R$ 500 mil de propina.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes