Em disputa por direitos, Globo triplica premiação por título do Brasileiro a partir de 2019

A Globo parece sentir a concorrência do Esporte Interativo pelos direitos em TV fechada das edições do Brasileiro de 2019 a 2024. A emissora carioca triplicou a premiação ao vencedor da competição.
Globo pretende aumentar premiação do Brasileiro a clubes que fecharem acordo por direitos de transmissão

Globo pretende aumentar premiação do Brasileiro a clubes que fecharem acordo por direitos de transmissão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A Globo parece sentir a concorrência do canal Esporte Interativo pelos direitos de transmissão em TV fechada das edições do Campeonato Brasileiro de 2019 a 2024. Segundo o Blog do Ohata, do UOL Esporte, a emissora carioca atendeu às reivindicações dos clubes e triplicou a premiação ao vencedor da competição.

A partir de 2019, o campeão brasileiro embolsará R$ 30 milhões, número três vezes superior ao faturado pelo Corinthians em 2015, quando ergueu o troféu do torneio nacional. Não o bastante, a Globo também promete aumentar de forma proporcional os bônus por desempenho das equipes que assinarem contrato pelas cotas de TV fechada – o vice-campeão, por exemplo, receberá em torno de R$ 19 milhões, contra R$ 6,3 milhões pagos ao Atlético-MG na temporada passada.

De 2016 a 2018, Timão e Flamengo arrecadarão cerca de R$ 170 milhões com direitos de transmissão (pacote com TVs aberta e fechada, pay-per-view, direitos internacionais, internet e placas de publicidade) desembolsados pela Globo. A dupla, aliás, é quem mais arrecada com a receita no país.

Recentemente, o ex-superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que o clube recusou luvas de R$ 80 milhões do Esporte Interativo pelos direitos de transmissão em TV fechada do Brasileirão de 2021 a 2024 – para os anos de 2019 e 2020, o Timão já acertou a renovação com o SporTV, canal comandado pela emissora carioca.

O valor das cotas anuais é mantido em sigilo. Porém, a efeito de comparação, as luvas oferecidas ao clube alvinegro correspondem ao dobro das cifras propostas pelo grupo Turner ao São Paulo. A agremiação do Morumbi recebeu uma oferta de R$ 40 milhões em luvas, mas optou por fechar com a Globo.

Vale destacar que a premiação paga pela programadora do Rio de Janeiro foi usada para quitar pendências financeiras com alguns jogadores do elenco hexacampeão brasileiro.

Confira os valores* embolsados pelos times que participaram do Brasileirão 2015

Campeão: 10.000.000
2º lugar: 6.300.000
3º lugar: 4.300.000
4º lugar: 3.200.000
5º lugar: 2.200.000
6º lugar: 1.400.000
7º lugar: 1.300.000
8º lugar: 1.200.000
9º lugar: 1.100.000
10º lugar: 1.000.000
11º lugar: 900.000
12º lugar: 800.000
13º lugar: 700.000
14º lugar: 600.000
15º lugar: 450.000
16º lugar: 350.000

(*): Por força de contrato, a premiação do Brasileiro, organizado pela CBF, é paga pela Globo.

Globo triplica premiação por título do Brasileiro a partir de 2019 Em disputa por direitos, Globo triplica premiação por título do Brasileiro a partir de 2019 90

Veja Mais:

  • Marlone é pretendido pelo Atlético-PR, que tenta convencê-lo a pedir liberação

    Fora dos relacionados, Marlone vira alvo de outro clube da Série A

    ver detalhes
  • Regra da Fifa não se encaixa em caso Pato; ele pode jogar pelo Timão

    [Marco Bello] Regra da Fifa não se encaixa em caso Pato; ele pode jogar pelo Timão

    ver detalhes
  • Cristóvão confirmou duas alterações em relação ao clássico contra o São Paulo

    Com duas mudanças, Cristóvão confirma equipe que enfrenta o Figueirense

    ver detalhes
  • Cristian é um dos reforços para Cristóvão neste sábado

    Sem meia e com dois retornos, Timão divulga relacionados contra o Figueirense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes