Corinthians se pronuncia após reunião com Choque sobre problemas na Arena

Corinthians se pronuncia após reunião com Choque sobre problemas na Arena

Por Meu Timão

Policiais vêm agindo de forma violenta na Arena em diversos jogos

Policiais vêm agindo de forma violenta na Arena em diversos jogos

Foto: Reprodução

O Corinthians voltou a se manifestar acerca das cenas de brutalidade proporcionadas pela polícia militar de São Paulo no jogo do último sábado, contra o Linense, na Arena. Por meio de uma nota publicada em seu site, o clube confirmou já ter se reunido com oficiais do Choque e reafirmou ser contrário a quaisquer atos de violência.

No texto, o Corinthians se coloca a favor do trabalho da polícia militar na Arena. Na última semana, torcedores usaram redes sociais para questionar a necessidade de PMs fazendo a segurança em um espaço privado. "O Corinthians entende a legitimidade do Policiamento de Choque no que se refere a manter a ordem, ainda que nas dependências de um empreendimento particular", escreveu o clube.

Ainda por meio da nota, o Timão afirma ter sugerido, por meio do presidente Roberto de Andrade, mudanças na forma de atuar da polícia no estádio. Uma nova reunião foi marcada para a semana que vem, quando o Corinthians e responsáveis pela polícia voltarão a discutir novas estratégias de segurança para os jogos na Arena.

Na última segunda, o Corinthians havia publicado um texto em seu site prometendo conversar com os responsáveis pelo policiamento da Arena. De acordo com matéria publicada pelo Estadão, o presidente Roberto de Andrade teria se incomodado com o fato de a ação truculenta da polícia, dessa vez, ter atingido torcedores "comuns", ou seja, aqueles que não fazem parte de organizadas.

Vale lembrar, contudo, que o episódio do último sábado foi apenas mais um entre os muitos que vêm atingindo a torcida corinthiana na Arena em 2016. Na semana anterior, PMs agrediram a torcida durante um diálogo que a Fiel tentava ter com os próprios policiais. Num episódio anterior, um torcedor foi arrastado pelas escadas de uma arquibancada. Em demais oportunidades, protestos com faixas da torcida foram reprimidos pela força policial.

Confira, na íntegra, o comunicado do clube:

Após o primeiro encontro entre o Presidente do Sport Club Corinthians Paulista, Roberto de Andrade, e Oficiais do Policiamento de Choque, com o objetivo de cada um apresentar as suas considerações sobre os problemas ocorridos no último dia 19 de março, quando aconteceu um tumulto atingindo alguns torcedores na saída do estádio, o Corinthians esclarece que manteve sua postura de reprovação e repúdio a atos de violência e se colocou à disposição para colaborar e implantar novas práticas que possam evitar fatos semelhantes.

O Corinthians entende a legitimidade do Policiamento de Choque no que se refere a manter a ordem, ainda que nas dependências de um empreendimento particular. Porém, o clube deixou clara a sua preocupação com a integridade e respeito aos seus torcedores.

Na reunião preparatória para o próximo jogo, que será neste sábado (26), já serão apresentadas algumas propostas, com o objetivo de melhorar essas condutas.

Informamos que haverá outro encontro entre a direção do Corinthians e os Oficiais do Policiamento de Choque na próxima semana para dar continuidade aos trabalhos e avaliar os resultados dos procedimentos operacionais que serão implantados no próximo compromisso do Timão na Arena.

O Corinthians espera que os atos de violência não se repitam e pede desculpas ao seu torcedor pelos transtornos ocorridos no dia 19 de março.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes