Cássio destaca persistência e diz ser marca do Timão desde o ano passado

A vitória por 1 a 0 sobre o Ituano, na noite desse sábado, na Arena, pelo Campeonato Paulista, é só mais um exemplo de uma das principais marcas da equipe comandada por Tite
Pouco requisitado no jogo desse sábado, Cássio mais orientou o time do que defendeu bolas

Pouco requisitado no jogo desse sábado, Cássio mais orientou o time do que defendeu bolas

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians venceu mais uma partida no sufoco, com gol nos minutos finais. E a vitória por 1 a 0 sobre o Ituano, na noite desse sábado, na Arena, pelo Campeonato Paulista, é só mais um exemplo de uma das principais marcas da equipe comandada por Tite: a persistência.

Quem garante é o goleiro Cássio. O camisa 12, que pouco trabalhou no duelo diante do time de Itu, destacou a pressão criada pelo Timão do começo ao fim do jogo, as quatro bolas na trave e fez até mesmo uma comparação com o padrão estabelecido pelo Corinthians na campanha do hexacampeonato brasileiro do ano passado.

"Insistência né? Muitas bolas na trave, defesas... Uma marca desse time, assim como no ano passado,é a persistência. A pressão e a concentração foram os mais importantes, criamos oportunidades, ficamos em cima e tentamos não dar chances ao adversário", declarou o goleiro do Corinthians.

"Ano passado tivemos como exemplo o fato de muitas partidas a gente empatar e os pontos do empate nos colocarem lá em cima. É saber quando da pra ganhar, mas sem arriscar muito", completou.

Apesar de o próprio Cássio ter feito comparações com o time do ano passado, ele admitiu a dificuldade em se espelhar naquela equipe para projetar possíveis novas conquistas. Em relação ao Corinthians vencedor do último Brasileirão, seis titulares se foram (quatro para a China e dois para a França).

"Acho que é passo a passo, mudaram muitas peças essa comparação com o time do ano passado é difícil, são jogadores de características diferentes. As coisas vêm acontecendo, viemos trabalhando forte e isso ajuda, fazemos o que o professor Tite nos cobra. Então passo a passo vamos crescendo e o time tem muito a crescer", analisou o arqueiro.

Cássio destaca persistência e diz ser marca do Timão desde o ano passado Cássio destaca persistência e diz ser marca do Timão desde o ano passado 29

Veja Mais:

  • Cada gesto como este de Pato custou R$ 2,4 milhões ao Corinthians

    De Garrincha a Pato, confira alguns dos gols mais caros da história do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Henrique possui contrato com o Timão até o final da temporada

    Corinthians convive com incertezas em renovação de Bruno Henrique; entenda

    ver detalhes
  • Gil, Ralf e Jadson trocaram o Corinthians pelo futebol chinês na virada do ano

    Pato é o 17º funcionário do futebol a deixar o Corinthians desde o fim de 2015

    ver detalhes
  • Marlone agora é alvo do Grêmio

    Mesmo após série de negativas, Marlone vira alvo de clube gaúcho

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes