Titular contra a Ponte, Alan Mineiro revela cobrança da mulher e fala sobre momento no Timão

Titular contra a Ponte, Alan Mineiro revela cobrança da mulher e fala sobre momento no Timão

Por Lucas Mariano

Em entrevista exclusiva com o Meu Timão, Alan Mineiro falou sobre o início de trabalho no Corinthians

Em entrevista exclusiva com o Meu Timão, Alan Mineiro falou sobre o início de trabalho no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Alan Mineiro e Douglas foram os dois primeiros reforços do Corinthians confirmados para a temporada. Enquanto o goleiro teve seu empréstimo ao Grêmio confirmado nesta terça-feira, o meia vem ganhando cada vez mais oportunidades no time e deve ser titular na partida contra a Ponte Preta, nesta quarta, pelo Campeonato Paulista. Apesar de estar há pouco tempo no clube, Alan Mineiro já convive com uma cobrança desde que fez sua estreia: a de marcar o primeiro gol.

“A ansiedade está grande e ela já está até cobrando para eu fazer um gol rápido e homenagear o Adam”, disse o meio-campista, em entrevista exclusiva ao Meu Timão, comentando sobre a cobrança de sua mulher, Andressa, grávida de quatro meses do primeiro filho do casal.

A vez que o jogador chegou mais próximo de realizar o desejo da esposa foi no último sábado, na vitória por 1 a 0 contra o Ituano. No entanto, a trave – grande vilã do Corinthians no jogo – impediu que ele balançasse as redes pela primeira vez.

Mesmo sendo o primeiro reforço do Timão, Alan demorou para fazer sua estreia. Considerado fora da forma física ideal, ele realizou um trabalho específico separado do grupo e mostrou uma dedicação extra, com treino em três períodos, para ficar à disposição do treinador. Passado o tempo de esforço para se juntar ao elenco, ele hoje destaca a oportunidade de vestir a camisa alvinegra e faz elogios a Tite.

“Eu me preparei dois meses e pouco para estrear, mas está sendo um momento único para mim, vivendo uma experiência muito grande, de poder estar trabalhando no Corinthians, trabalhar com o Tite, com esse grupo de jogadores que foi campeão ano passado. Para mim está sendo um aprendizado muito grande, principalmente com o Tite. Todo mundo fala que ele é um paizão e é mesmo, ajuda bastante a gente. Espero me adaptar cada vez mais e crescer cada vez mais no Corinthians”, explicou, já pensando em fazer história como jogador do clube do Parque São Jorge.

“Espero evoluir cada vez mais para aproveitar esse momento que eu estou aqui, como falei, do Tite, da estrutura, dos jogadores, que eu tenho muito a aprender e muito a contribuir com o Corinthians. Espero cada vez mais estar crescendo tecnicamente, na maneira do Tite jogar também. Espero estar evoluindo cada vez mais para dar muitas alegrias e títulos com a camisa do Corinthians”, acrescentou.

Seu primeiro jogo oficial pelo Timão – ele havia jogado no amistoso contra o Strikers - foi logo no clássico contra o Santos. Entrando no segundo tempo, ele esteve em campo na primeira derrota da equipe na temporada e participou do lance que resultou no segundo gol dos rivais. Apesar do resultado negativo na estreia, ele avaliou como positiva sua atuação e recebeu elogios de Tite.

Na sequência, após ser relacionado e ficar no banco no primeiro duelo contra o Cerro Porteño, ele teve pequenas participações nas duas partidas seguintes: jogou 16 minutos contra o Botafogo-SP e ficou em campo por apenas um minuto na vitória por 2 a 0 contra o Cerro, desta vez na Arena. No entanto, foi contra o Linense que o meia teve sua melhor atuação. Começando como titular, o jogador atuou até os 33 minutos da segunda etapa e deixou o campo quando a equipe já vencia por 4 a 0.

Com uma história de superação na carreira, Alan, aos 28 anos, vive atualmente uma das fases mais importantes de sua vida. Até chegar ao Timão, passou por 11 clubes e já pensou até em abandonar o futebol devido às dificuldades que encontrou ao longo desse período. Tendo um ótimo desempenho no Bragantino na temporada passada, ele despertou o interesse do Corinthians e, apesar de ter demorado para fazer sua estreia, sempre se manteve focado em conquistar seu espaço.

“Eu sempre tive minha cabeça bem focada naquilo que eu queria. Eu tinha que trabalhar bastante porque, como te falei, vim de time pequeno e tenho que provar bastante coisa ainda, mas em nenhum momento abaixei a cabeça e sabia que a oportunidade ia aparecer”, concluiu.

Nesta quarta, Alan Mineiro deve fazer seu segundo jogo como titular do Timão. Entrando em campo pela sexta vez no ano, o jogador novamente tem a oportunidade que tanto deseja para mostrar o seu trabalho e, quem sabe, enfim homenagear o filho.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes