Corinthians tem confronto direto contra América para garantir liderança da LBF

Corinthians tem confronto direto contra América para garantir liderança da LBF

Por Meu Timão

Com média de 3,39 assistências por jogo, Melissa Gretter é uma das cinco melhores armadoras da LBF

Com média de 3,39 assistências por jogo, Melissa Gretter é uma das cinco melhores armadoras da LBF

Foto: Divulgação

O Corinthians/Americana inicia nesta quinta-feira a última série de jogos da primeira fase para garantir a liderança da Liga de Basquete Feminino. Às 20 horas, no Centro Cívico, em Americana, a equipe recebe o América, em um confronto direto pela ponta da tabela de classificação. O segundo jogo entre as duas equipes será no sábado, às 10h30, no mesmo local.

Atualmente, as meninas do Timão lideram com 33 pontos, tendo 15 vitórias em 18 jogos (83,3% de aproveitamento). Já o América está em segundo lugar, com 32 pontos, com 14 vitórias e quatro derrotas (77,8% de aproveitamento).

Se vencer em casa nesta quinta, o Corinthians/Americana não poderá mais ser ultrapassado pelo América e garantirá a primeira colocação independente do resultado do segundo jogo. A posição assegurada com antecedência só será possível graças ao resultado do jogo do Sampaio Basquete (agora com 33 pontos, mas com aproveitamento de 73,7%), que nesta quarta-feira perdeu o primeiro jogo para o Maranhão.

Apesar de seu time já estar classificado, Antônio Carlos Vendramini destacou a importância dos jogos já como preparação para os playoffs e se mostrou otimista por jogar em casa.

“Serão jogos importantes, muito difíceis, e vão funcionar como uma espécie de prévia do que teremos pela frente na sequência da competição. Se jogarmos bem esta série, entramos ainda mais fortes nos playoffs. Sabemos da dificuldade do adversário, que vem para cá com o mesmo objetivo que nós, mas estamos confiantes em jogar ao lado de nossa torcida e buscar as vitórias”, disse o treinador corinthiano.

Um dos destaques da equipe formada da parceria entre Corinthians e Americana, a argentina Melissa Gretter também citou a vantagem de jogar em casa contra o América.

“A torcida de Americana é uma jogadora a mais. Eles sempre nos ajudaram, e temos certeza que nestas partidas não será diferente. É um clássico, contra um time qualificado, mas treinamos forte durante a semana para aprimorarmos nosso jogo”, disse a atleta, que atualmente é uma das cinco maiores armadoras da competição.

Veja Mais:

  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Crislan pertence ao Braga, mas jogou no Vegalta Sendai por empréstimo

    Em alta no Japão, atacante despista sobre sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Em meio à Fiel, Carille ergue a taça do hepta

    Como ganhar na loteria! 'Campeão de tudo' em 2018 levará R$ 144 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes