Na Arena, Museu do Povo ganha barco usado por equipe de remo no século XX

Na Arena, Museu do Povo ganha barco usado por equipe de remo no século XX

Por Meu Timão

Os torcedores alvinegros que chegaram cedo à Arena Corinthians para acompanhar o jogo contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), já começam a tomar conhecimento de uma novidade um tanto inusitada: um barco usado pela equipe de remo do clube decora o “Museu do Povo”, localizado no prédio Oeste do estádio.

A novidade foi anunciada pelas fanpages da Arena Corinthians há cerca de uma hora do apito inicial. “Hoje, estreia no Museu do Povo um barco usado pelo Remo do Timão em 1928!”, informou a publicação no Instagram.

O remo, desporto aquático organizado a partir de meados do século XIX e desde muito cedo integrado ao programa oficial dos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos, foi implantado no Corinthians sob a presidência de Alfredo Schurig. Desde então, o Timão tornou-se um dos clubes mais tradicionais da modalidade e foi tetracampeão mundial na categoria máster.

Em 2015, o remo corinthiano voltou a ser destaque nos cenários nacional e internacional. Gabriel Campos se tornou o primeiro atleta da história da modalidade alvinegra a conquistar um Campeonato Brasileiro Sênior e a garantir vaga em uma edição de Pan-Americano (Toronto-2015).

Inaugurado em 31 de janeiro, o Museu do Povo conta com uma série de objetos e artigos que retratam os quase 106 anos de história do Timão. O evento de lançamento do espaço contou ainda com uma Art Battle – dez artistas tiveram 45 minutos para elaborar pinturas sobre o Corinthians. As melhores foram expostas no local.

Confira abaixo a publicação do perfil da Arena Corinthians no Instagram

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes