Timão mantém vice no cargo e garante que Lava Jato não atrapalha negociação dos NR

Timão mantém vice no cargo e garante que Lava Jato não atrapalha negociação dos NR

Por Meu Timão

Roberto de Andrade pediu calma sobre situação de André Negão

Roberto de Andrade pediu calma sobre situação de André Negão

Foto: Divulgação

Nos últimos dias, o nome da Arena Corinthians passou a ser investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O presidente do clube, Roberto de Andrade, garantiu que o ocorrido não afeta nas negociações do naming rights do estádio.

"Não há investigação contra o Corinthians. Há contra um vice, como pessoa física. Não atrapalha em nada (negociação dos naming rights)", declarou o mandatário, em entrevista ao UOL Esporte.

Sobre o vice-presidente, André Negão, Roberto de Andrade pediu calma e afirmou que ele continuará no cargo no Corinthians.

"Há uma investigação e você precisa ter calma antes de julgar. Não vamos afastá-lo previamente", ressaltou.

André Negão é o principal investigado pela Operação Lava Jato. Ele foi levado para depor na 26ª fase por suspeita de recebimento de propina. Ele teria recebido cerca de R$ 500 mil para a construção do estádio alvinegro. Na ocasião, o vice também foi preso por porte ilegal de arma.

"Há uma investigação e você precisa ter calma antes de julgar. Não vamos afastá-lo previamente"

Apesar da garantia de Roberto de Andrade, o Conselho Deliberativo do Corinthians encaminhou um pedido à Comissão de Ética sobre a situação do dirigente.

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Timãozinho venceu o Mundial Sub-17 em 2015

    Maior campeão, Corinthians desiste do Mundial de Clubes Sub-17 por falta de dinheiro

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes