André revela motivo que o fez 'se esforçar' para jogar no Corinthians

André revela motivo que o fez 'se esforçar' para jogar no Corinthians

Por Meu Timão

Mesmo com cobranças, André acredita em auge com a camisa do Timão

Mesmo com cobranças, André acredita em auge com a camisa do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A negociação para contratar André foi praticamente uma novela entre Corinthians e Atlético-MG. Depois de parecer que o acordo não sairia, o atacante conseguiu a liberação do time mineiro e assinou com o Timão.

Segundo André, ele precisou se esforçar para conseguir assinar com o clube e tem um motivo especial para isso: o técnico Tite.

"Me esforcei para estar aqui muito por causa do Tite, porque sabia que poderia crescer como jogador, não só dentro de campo como fora também. Tenho essa vontade de evoluir, de crescer, e na idade certa para atingir meu auge, nem tão velho e nem tão novo. Claro que as experiências lá de trás me ajudaram muito, mas trabalhar com o Tite tem me ajudado mais. Estou ouvindo muito a ele, e até engraçado, porque as coisas que ele fala acontecem mesmo no jogo. Estou com o ouvido sempre atento, no campo sempre aprimorando e aprendendo. O Corinthians é um dos grandes clubes do Brasil e estou aqui para aprender", explicou o atacante, em entrevista ao LANCE!.

"Ele é um cara que sabe, entende e vive o futebol. Ele é muito inteligente, muito trabalhador, estuda muito, então sempre vê tudo. Eu só escuto o que ele fala para poder evoluir", completou André, ainda sobre o comandante alvinegro.

No Timão desde o início do ano, o atacante ainda não conseguiu engrenar e conquistar a confiança da torcida. Mesmo assim já recebeu elogios do técnico, que o comparou com Vagner Love.

"É bom quando o treinador fala bem de você. Quando cheguei aqui no Corinthians tratei de aprimorar essa coisa de fazer pivô, que foi o que o Tite disse quando fez aquela comparação com o Love. Eu gosto de jogar de primeira e o Tite pede para jogar sempre em dois tempos. Essa melhora é porque ele me pega ali sempre para treinar isso, vem pelo treinamento. Vai ter essa comparação com o Love, não tem jeito. E é tudo muito rápido, estou aqui há pouco mais de dois meses e a cobrança é muito grande. Você tem que desenvolver todo esse processo de se adaptar ao time, torcida, campo o quanto antes. Tive que aperfeiçoar muito para as coisas saírem rápido", explicou.

As cobranças são, principalmente, por conta dos gols. André só marcou dois até agora. O atacante explica que ser artilheiro não é seu objetivo e ressalta o elenco do Timão.

"É até engraçado, porque meu objetivo não é ser artilheiro. É só ver que o time tem um dos melhores ataques e que o artilheiro é o Romero, que não vem jogando frequentemente, mas está ali sempre que preciso. Isso mostra que todo mundo é importante, não são só 11 jogadores. Eu venho jogando para o time. Claro que quero fazer gol, isso me estimula, mas o mais importante é todo mundo se ajudando e o Corinthians ganhando. Você pode achar que eu estou brincando, mas eu troco qualquer artilharia por um título. Tomara que eu não seja artilheiro e a gente seja campeão neste ano", finalizou.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes