Nascido na estrada, torcedor paranaense dribla distância e dois empregos para seguir o Timão

Nascido na estrada, torcedor paranaense dribla distância e dois empregos para seguir o Timão

Gustavo segue o Corinthians onde quer que a equipe vá

“Com coragem e determinação, a gente pode tudo na vida”. É assim que o paranaense Gustavo Patrick Blum, de 22 anos, define a maneira pela qual segue o Corinthians há mais de três anos. Nascido em Ponta Grossa, município situado a 120 km da capital Curitiba, Blum passou a maior parte de sua vida na estrada ao lado do pai. “Me mudei aos sete anos para Centralina (MG), na divisa com Goiás, onde trabalhei também. Por conta do serviço do meu pai como caminhoneiro, demorávamos em vir ao Paraná, pois ele trabalhava nas rotas São Paulo-Belém e Belém-Rio de Janeiro. Vivi com ele viajando e, desde criança, acompanhando o movimento do Corinthians e suas torcidas em São Paulo”, conta Blum, em entrevista ao Meu Timão.

“Minha família costuma dizer que nasci na estrada, pois desde meus primeiros dias de vida já viajava (risos)”, acrescenta o corinthiano. Em uma de suas “excursões” a trabalho, Gustavo e o pai puderam sentir de perto a síntese de torcer pelo clube fundado à luz de um lampião por cinco operários do Bom Retiro.

“Me recordo que, em uma viagem, ele me deu uniforme com bola completo do Corinthians. Desde os oito anos, no Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), sempre esperávamos alguns dias para carregar o caminhão... Via a movimentação ali, reduto de corinthianos em dias de jogos e aprendia desde criança a essência de ser corinthiano”, recorda.

(Corinthians x Joinville - Arena Joinville - Campeonato Brasileiro 2015)

Apesar da “paixão à primeira vista”, Blum demorou a frequentar os estádios pelos quais o Corinthians passava. As finanças apertadas e a idade prematura, segundo ele, adiaram a relação de cumplicidade com o Timão. “Meu primeiro jogo já foi ‘perrengue’ junto com meu irmão e uma viagem, em 2011. América-MG x Corinthians, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG). Era perto de onde eu morava, cerca de 120 km, mas havia o problema de ser menor de idade e ter que viajar, conseguir entrar no jogo e ainda comprar os ingressos na bilheteria”, relata.

“Fomos à cidade de carona com meu pai no caminhão e ficamos por lá na casa da minha falecida avó corinthiana, que sempre nos presenteava com uma camisa do Corinthians. Por problemas na bilheteria daquele jogo, tivemos que andar três vezes, um total de 21 km, e não conseguimos comprar os ingressos com antecedência, só em cima da hora do jogo... Tivemos problemas na entrada por sermos menores e estarmos desacompanhados. Achamos ‘pais de mentirinha’ para realizar nosso sonho e entrar no jogo (risos)”, relembra, em tom bem humorado.

Foi em 2013, porém, que tudo mudou. O retorno à cidade natal, inclusive, lhe presentearia dois dos maiores amores de sua vida. “Vim morar em Ponta Grossa, conheci minha noiva Ludimila, que, por acaso do destino, se mudou do interior de São Paulo para o Paraná e também já acompanhava o Corinthians desde criança com seu pai, associado da Gaviões da Fiel. Em um de nossos passeios de casal conhecemos a galera da Fiel Ponta Grossa Camisa 12, uma subsede oficial da Fiel Torcida Jovem Camisa 12. Me aproximei mais do Corinthians, fiz bastantes amizades e comecei a frequentar todos os jogos, toda a atividade da torcida e ir às partidas de todas as formas possíveis”.

(Vasco x Corinthians - São Januário - Campeonato Brasileiro 2015)

CARAVANAS, DIFICULDADES E ARREPENDIMENTO

A partir daquele ano, a vida de Gustavo mudou completamente. Se antes os empecilhos o faziam desistir de assistir ao Timão in loco, agora nem os dois trabalhos que mantém seriam suficientes para deixá-lo em casa. “Desde 2013, no mínimo duas vezes ao mês, a maioria dos jogos como visitante. Perdi a conta das caravanas... Com meus 22 anos, conheci mais de 20 diferentes estádios acompanhando e apoiando o Corinthians em qualquer ocasião”, afirma. “Nada é fácil, porém sempre com coragem e determinação consigo acompanhar o Corinthians em diversos lugares, pegando carona com amigos e até com desconhecidos. Viajando sozinho, acompanhado, de carro, ônibus... Seja futsal, futebol, qualquer categoria. Caravana com a subsede em Ponta Grossa, com a Fiel Curitiba, com diversas cidades em que, ao longo desse tempo, fiz amizades com a rapaziada e sempre nos fortalecem de alguma forma”, enalteceu.

Atualmente, Blum trabalha em uma agência de transporte e turismo e, após o expediente, dedica o restante do seu dia em uma lan house. Questionado sobre como consegue conciliar as caravanas com os empregos, o “louco do bando” cita o auxílio da família. “Sempre quando consigo folga na verdade não é pra descansar, mas pra ir a um jogo (risos). Mas também tenho na agência minha companheira, que sempre me apoia quando há viagens mais longas, cobre meu horário no serviço... E minha cunhada me cobre na lan house. Elas me ajudam bastante, mas costumo planejar as viagens um mês antes, às vezes até quando sai a tabela dos campeonatos, pra sair tudo certo e conseguir voltar, no máximo, no mesmo dia para a cidade e não perder o horário dos serviços”, explica.

(Corinthians x Once Caldas-COL - Arena Corinthians - Copa Libertadores 2015)

Dentre as inúmeras caravanas percorridas pelo Corinthians, duas chamam a atenção do paranaense itinerante. “Dois jogos marcantes que jamais me esquecerei de cada detalhe do dia do jogo e dos que o antecederam. Um foi em 2011, em Minas Gerais, que me marcou muito, pois foi o último dia que vi e abracei minha avó em vida. Após o jogo, fui para casa e ela veio a falecer um mês depois da minha ida à cidade”, recapitula. “E outro foi ano passado em Assunção, no Paraguai, Guaraní x Corinthians. Fui de ônibus de rodoviária, sozinho, 2.000 km ida e volta sem ter conhecimento algum sobre a cidade, o país e a língua. Pouco dinheiro no bolso e passei perrengues por estar sozinho, mas como sempre digo: graças a torcedores do Cerro Porteño (PAR) ‘La Plaza’ me encontro inteiro (risos)”, reconhece.

(Guaraní-PAR x Corinthians - Defensores del Chaco - Copa Libertadores 2015)

Indagado se possui algum arrependimento nesses últimos três anos, Gustavo é enfático. “Decepção maior é não ter corrido atrás como faço hoje em dia para ter começado a acompanhar antes”, declara o viajante torcedor, que ainda projetou a temporada do reformulado Corinthians. “Pela capacidade e confiança que eu como torcedor tenho no Tite, acredito que em todas as competições ele já mostrou que tem potencial para conquistar, qualquer uma delas, sempre com sua forma de trabalhar séria e procurando ajustar o time. Não todas no mesmo ano, mais alguma taça ele traz novamente pra nós”, finaliza.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Oilson

    Ranking: 81º

    Oilson 4007 comentários

    por @reyes

    Bela história. Aplausos infinitos.

  • Foto do perfil de sergio

    Ranking: 354º

    Sergio 1293 comentários

    por @srpardo

    Vixe esse irmão me deixou pequeno

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 419º

    Wagner 1151 comentários

    129º. por @wagnersantos

    Quwr que eu mostre meu passaporte carimbado em 2012 no Japão? Para começo se conversa.

    E vc; dá grana para organizada e assiste jogo na band e ou globo quando tá duro

    Foto do perfil de Breno

    Breno 1197 comentários

    15/04/2016 às 16h59 por @breninho11

    - mais eae você prefere pagar a #$!@% do per pé wiel ou ir em um estádio apoiar, da pra vocêr que você e um torcedor SoFanatico

  • Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 419º

    Wagner 1151 comentários

    128º. por @wagnersantos

    O Bozo; o que eu disse é que torcedor comum não faz as defecadas que as organizadas conseguem produzir.

    Mas fazero que né... Para alguns é difícil usar o raciocínio logico

    Foto do perfil de Matheus

    Matheus 109 comentários

    14/04/2016 às 16h46 por @coala.fiel

    Chamar + de 200 mil de organizados de bandido por causa de 50, é a msm coisa que chamar todos corinthianos de bandido por ter uma minoria que cometeu crime.. Se você n gosta de ser chamado de bandido pelo ant só por torcer para o Timão, porque você chama o T.O. De bandido pelo msm motivo? Se ser corinthianos fosse crime estaríamos todos na cadeia, é a msm coisa com a T.O.. Você generaliza e descriminaliza e ao invés de fazer aliados prefere abusar da ignorância pra fazer inimigos, e esquece que todos somos corinthianos e merecemos respeito..

  • Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 419º

    Wagner 1151 comentários

    127º. por @wagnersantos

    Energúmeno;quem disse que não vou a estádio? Não é porque sou assinante é que não vou a estádio.

    Tanto é que eu estive lá do outro lado do mundo em 2012; e você? Acompanhou na globo ou na band?

    Foto do perfil de Matheus

    Matheus 109 comentários

    14/04/2016 às 16h22 por @coala.fiel

    Olha quem fala o "Sr. Pay per view", ao invés de fazer esforço pra acabar com a T.O. Porque n faz esforço pra ver um jogo no estádio? Fazer mal aos outros é mais importante que seu próprio bem? E como você disse em outro comentário que paga pay per view e tudo, quero que saiba que você só ve o que a mídia quer te mostrar.. (deixa de ser alienado) Como se já n fosse o bastante os "ant" de outros times, agora temos "ant" da própria torcida..

  • Foto do perfil de Breno

    Ranking: 396º

    Breno 1197 comentários

    126º. por @breninho11

    - tudo um bando de arrombados que só sabem criticar meu parceiro mais não ve as coisas boas das organizadas e fica gritando bixa em estádio pra goleiro do time rival só isso quem sabem fazer e sem contar que no estádio fica cantando as músicas das organizadas quando não estão sentado comendo pipoca e amendoin e tirando selfie em estádio, saudades do velho Pacaembu que você via só Corintiano louco fanatico mesmo agora nessa arena de marmore parceiro só modinha, playboi que só sabe vim aqui conversa fiado no site

  • Foto do perfil de Breno

    Ranking: 396º

    Breno 1197 comentários

    125º. por @breninho11

    - mais eae você prefere pagar a #$!@% do per pé wiel ou ir em um estádio apoiar, da pra vocêr que você e um torcedor SoFanatico

    Foto do perfil de Wagner

    Wagner 1151 comentários

    09/04/2016 às 18h49 por @wagnersantos

    Rapaziada do sofá; corinthiano como qualquer outro.
    Mesmo porque;o que você usa grana comprando lixo de organizadas; a tal turma do sofá; paga per pé we; compra produto original; é sócio de fiel torcedor.

    E tem mais outra coisa; nem todo munfo que vai aos estadips pertence a a este lixo de organizada.

    Antes de falar do Fiel Torcedor; mede suas palavras

  • Foto do perfil de Matheus

    Ranking: 4401º

    Matheus 109 comentários

    124º. por @coala.fiel

    Chamar + de 200 mil de organizados de bandido por causa de 50, é a msm coisa que chamar todos corinthianos de bandido por ter uma minoria que cometeu crime.. Se você n gosta de ser chamado de bandido pelo ant só por torcer para o Timão, porque você chama o T.O. De bandido pelo msm motivo? Se ser corinthianos fosse crime estaríamos todos na cadeia, é a msm coisa com a T.O.. Você generaliza e descriminaliza e ao invés de fazer aliados prefere abusar da ignorância pra fazer inimigos, e esquece que todos somos corinthianos e merecemos respeito..

    Foto do perfil de Wagner

    Wagner 1151 comentários

    11/04/2016 às 10h36 por @wagnersantos

    Juntar um bando de gente para ir distruir CT; quebrar carro de jogador; fazer emboscada na estrada; deptedar património publico; matar torcedor em pais vizinho; assaltar loja de conveniência nas estradas; soltar sinalizador em estádio; isto é coisa de torcedor? Não; isto é coisa de retardado para não dizer outra coisa

  • Foto do perfil de Matheus

    Ranking: 4401º

    Matheus 109 comentários

    123º. por @coala.fiel

    Olha quem fala o "Sr. Pay per view", ao invés de fazer esforço pra acabar com a T.O. Porque n faz esforço pra ver um jogo no estádio? Fazer mal aos outros é mais importante que seu próprio bem? E como você disse em outro comentário que paga pay per view e tudo, quero que saiba que você só ve o que a mídia quer te mostrar.. (deixa de ser alienado) Como se já n fosse o bastante os "ant" de outros times, agora temos "ant" da própria torcida..

    Foto do perfil de Wagner

    Wagner 1151 comentários

    11/04/2016 às 10h30 por @wagnersantos

    E o kiko tenho haver com isto? Diga com quem andas e eu direi quem és. Se necessário for; eu entro com pedido no ministério público para pedir o fim das organizadas.

  • Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 341º

    Carlos 1336 comentários

    122º. por @carlos.silva59

    Você deve dar muito a ruela abraçado com dois marmanjos.kkkk

  • Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 2452º

    Carlos 232 comentários

    121º. por @carlos.jm

    Valeu, meu querido. Nisso concordamos com certeza! Rs Abração e tudo de bom pra você e pra sua família também.. Até.

    Foto do perfil de Claudio

    Claudio 461 comentários

    12/04/2016 às 09h20 por @claudiop9

    O fato de termos opinioes diferentes é bom e saudavel e isso eu respeito. Se você tem preferencias antes do Corinthians nai te faz nem melhor nem pior ao que tem o Corinthians como prioridade...estamis ai para um debate saudavel abracos mano ecsaude e paz pra ti e tua família.

  • Foto do perfil de Claudio

    Ranking: 1288º

    Claudio 461 comentários

    120º. por @claudiop9

    O fato de termos opinioes diferentes é bom e saudavel e isso eu respeito. Se você tem preferencias antes do Corinthians nai te faz nem melhor nem pior ao que tem o Corinthians como prioridade...estamis ai para um debate saudavel abracos mano ecsaude e paz pra ti e tua família.

    Foto do perfil de Carlos

    Carlos 232 comentários

    12/04/2016 às 00h06 por @carlos.jm

    Ok, parceiro. Não quero discutir contigo também. Tretei com um outro irmão aqui outro dia atrás porque o infeliz veio com ignorância pra cima de mim, e logo em seguida vi seu comentário e acabei exagerando. Você nem merecia esse comentário todo, me desculpe. Mas ainda não concordo contigo do jeito que não concordo com ele. Acho que o Corinthians é o maior e mais apaixonante clube do mundo, mas pra MIM, pra mim vem outras muita coisas importantíssimas à frente. Por ex: Deus, Família, etc.. Abraços