Tite pede presença do torcedor em decisão e agradece apoio: 'É nóis!'

28 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Tite convocou corinthianos para confronto com o Red Bull Brasil, no próximo fim de semana

Tite convocou corinthianos para confronto com o Red Bull Brasil, no próximo fim de semana

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Depois de ver sua equipe vencer com ampla superioridade e encerrar a primeira fase do Campeonato Paulista na liderança geral, Tite mandou um recado à Fiel torcida: o apoio incondicional nos mata-matas será imprescindível para o futuro do clube, que bateu o Novorizontino por 3 a 0, na tarde deste domingo, na Arena Corinthians.

Em entrevista coletiva, o técnico evitou falar sobre o que espera para o embate diante do Red Bull Brasil, adversário das quartas de final, e exaltou a atuação do reformulado Corinthians neste início de temporada. “Não dá para projetar o jogo com o Red Bull Brasil ainda. Quero enaltecer o trabalho da equipe toda, o número de atletas que utilizamos”, iniciou Tite.

“Eu me sinto no dever de passar ao torcedor minha gratidão em relação ao trabalho realizado. Melhor defesa, melhor saldo, disciplina... Para quem está se reformando é bom. Agora, que o torcedor venha nos apoiar no domingo”, acrescentou o professor, mostrando-se aliviado com o futebol apresentado pelo time paulistano nos últimos três meses.

“Uma equipe pronta precisa de 40 ou 50 jogos, digo isso de uma maneira tranquila. A equipe precisa do apoio do torcedor porque não está madura ainda. Agora é apressar um processo de maturidade, emocional, gelo, a bola não pode queimar no pé, o torcedor grita e nós pedindo calma aos companheiros. É assim, e disso que precisamos”.

Em meio à conversa com a imprensa presente na Arena Corinthians, Tite citou aprendizados obtidos com o lateral-direito Philipp Lahm, capitão da seleção alemã na Copa do Mundo de 2014. Para o técnico do Timão, a humildade do jogador do Bayern de Munique (ALE) em aprender com as falhas é algo a ser repetido pelos atletas do elenco corinthiano e por ele próprio, que não teve como fugir do assunto “Seleção Brasileira”.

“Eu não tenho mais absolutamente nada a me manifestar. Estou feliz no Corinthians, preciso estar atento ao processo de maturidade da equipe. Hoje usei frase do Lahm no Bayern, ele tem 19 títulos lá e sempre usa o verbo aprender. Nós no Corinthians queremos aprender para crescer”, resumiu Tite, que encerrou a coletiva com um agradecimento à Fiel. “Tenho que curtir e ficar feliz, e valorizo muito o torcedor. É nóis! (sic)”.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a participar da Florida Cup; em 2019, Timão ficou fora

    Com Corinthians e Palmeiras, Florida Cup divulga tabela para 2020

    ver detalhes
  • Bruno Méndez é visto como titular da equipe em 2020, com chances de antecipar a condição ainda neste ano

    A curto e longo prazo, veja como o Corinthians preparou Bruno Méndez para ser titular

    ver detalhes
  • Igor Marques é hoje um dos principais jogadores do Sub-20 do Corinthians

    Corinthians acerta contrato profissional com lateral do Sub-20 até 2022

    ver detalhes
  • Méndez e Marllon devem atuar juntos na Arena

    Com dois desfalques, Corinthians deve ter dupla de zaga inédita no duelo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Fábio Carille sofre pressão por conta do mau desempenho do Corinthians

    Carille está em xeque porque Corinthians há dois meses não joga bem. Lembra última vez?

    ver detalhes
  • Categorias de base do Corinthians voltam a ser alvo de estelionatários

    Corinthians alerta para tentativas de golpe nas peneiras do clube e vai à Polícia; veja nota oficial

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: