Cristian revela motivo que o fez voltar ao Timão e comenta situação na reserva

Cristian revela motivo que o fez voltar ao Timão e comenta situação na reserva

Por Meu Timão

Cristian não tem nem 20 minutos em campo em 2016

Cristian não tem nem 20 minutos em campo em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Sem espaço no Corinthians, o volante Cristian falou sobre sua situação no clube. Em 2016, são apenas quatro partidas e todas com poucos minutos jogados. O volante afirmou estar mais maduro e, por isso, não reclamar publicamente sobre a opção de reserva.

"Eu estou mais maduro para o futebol. Nossa carreira é sofrida, muita gente acha que é só coisas boas, mas não, você sofre muito, não fica com a família e os filhos, toma porrada de todos os lados. Com o tempo a gente vai conseguindo se blindar mais. Aprendi muita coisa com o futebol, inclusive ficar mais calado, né? Sou um cara muito explosivo, mas as poucos você vai aprendendo a se conter mais, escutar e trabalhar quieto", afirmou, em entrevista ao diário Lance.

Questionado se essa maturidade é o que o impede de estar reclamando da reserva, Cristian é direto: "Não... Nem me refiro ao fato de jogar ou não, essa é uma opção do treinador, a gente tem que respeitar e seguir trabalhando. Nunca fui de dar entrevista falando sobre jogar ou não. Nem quando estava jogando eu dava entrevista, não vou mudar agora".

Depois de uma primeira passagem no Corinthians, o volante ficou mais de quatro temporadas no Fenerbahçe, da Turquia. No final de 2014, retornou ao clube, mas não conseguiu repetir o sucesso até hoje.

"Vivi coisas maravilhosas aqui, com pessoas incríveis, tenho carinho grande pelo Corinthians, respeito pela torcida. E tinha dado minha palavra. Meu filho também me cobrava muito. Ele me viu seis anos jogando na Turquia, só via jogos e gols pelo Youtube. Um dos motivos para eu voltar foi esse, meu filho", revelou.

E se o filho foi importante para voltar, também é para não sair. Questionado se ainda tem algum sonho, Cristian respondeu.

"Já realizei todos sonhos que tinha antes de ser jogador... (pausa). Nem sei se é sonho, mas é uma vontade minha e do meu filho: quero continuar no Corinthians, jogar, é uma vontade minha e da minha família!", finalizou.

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes