Superintendente do Timão confirma fim de acordo com a Klar

Superintendente do Timão confirma fim de acordo com a Klar

Por Meu Timão

Klar foi apresentada em coletiva em dezembro no CT Joaquim Grava

Klar foi apresentada em coletiva em dezembro no CT Joaquim Grava

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois de meses de espera, o Corinthians confirmou a não concretização do acordo de patrocínio entre o clube a empresa Klar, marca de produtos de limpeza. Segundo o superintendente de marketing, Gustavo Herbetta, o acordo não evoluiu.

"Corinthians recebeu pelo patrocínio em janeiro, negociou com as propriedades especificas para a pré-temporada e uma delas foi a Klar. Ela simplesmente não concretizou porque eles queriam uma propriedade e tínhamos a possibilidade de cobrir o patrocínio. A da Klar era maior, mas o patrocinador atual (TIM) cobriu e fechamos com eles. Simplesmente isso", declarou, em coletiva nesta quarta-feira.

Questionado sobre a presença da marca no uniforme do jogo contra o Avaí, último do Brasileirão no ano passado, Herbetta garantiu que não foi uma exposição gratuita.

"No jogo do ano passado contra o Avaí, era uma contrapartida. Não foi uma visibilidade gratuita. Tínhamos um pré-acordo", disse.

A Klar foi anunciada dias antes do jogo contra o Avaí, em dezembro. Depois, o dono da empresa entrou em polêmica ao declarar que estava na briga pelos naming rights da Arena Corinthians, entre outros assuntos. Ele foi desmentido publicamente pela diretoria do Corinthians, que, desde então, demonstrou insatisfação com a empresa.

No início do ano, o departamento de marketing do Timão declarou que a parceria estava sendo estudada ainda e teria início em março. Na data aguardada, o presidente da Klar disse que o acordo estava mantido e a estreia da marca no uniforme do Corinthians estava prevista para maio, no início do Brasileirão.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes