Bruno Henrique rechaça favoritismo e destaca importância da Fiel na Arena

Bruno Henrique rechaça favoritismo e destaca importância da Fiel na Arena

Por Lucas Mariano

Bruno Henrique ressaltou que dentro de campo não há favoritos

Bruno Henrique ressaltou que dentro de campo não há favoritos

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Melhor equipe do Campeonato Paulista, o Corinthians enfrentará neste sábado o Red Bull Brasil, oitavo melhor time da primeira fase do torneio. Para Bruno Henrique, é normal que o clube do Parque São Jorge seja apontado como favorito, mas dentro de campo isso não significa nada.

“Nós somos a melhor equipe. Lógico que esperam muito da gente. Isso de favoritismo é mais da imprensa. Claro que quando começam os jogos não existe mais favoritismo. Nosso favoritismo é tentar fazer um grande jogo dentro de casa, implantar nosso ritmo para depois analisarmos se fizemos um bom jogo e se merecíamos vencer. Sábado vamos ter um jogo dificílimo, sabemos que no futebol tudo pode acontecer. Não pensamos em favoritismo, pensamos que teremos que mostrar um grande trabalho para vencer o Red Bull”, destacou o volante em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava nesta terça-feira.

Para o confronto deste sábado, o Corinthians tem como aliado a Arena, local onde não sabe o que é perder desde o dia 26 de agosto de 2015, quando foi derrotado para o Santos. Sabendo do retrospecto positivo dentro de casa, Bruno Henrique comentou sobre os fatores que deixam o time tão forte em Itaquera, ressaltando o apoio da Fiel.

“Acho que o fator torcida pesa muito. Nosso torcedor é diferenciado. Quando as outras equipes vêm jogar aqui é uma pressão muito grande. Ajuda muito quando os torcedores nos empurram. O campo é liso, estamos acostumados, a bola vai mais rápido também. Gostamos muito de jogar na nossa casa. Então os adversários encontram dificuldade porque desde o primeiro minuto procuramos pressionar e pressionamos até o final também’, concluiu.

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes