Portal revela dívida milionária do Corinthians e 'brecha' para que torcida ajude o clube

Portal revela dívida milionária do Corinthians e 'brecha' para que torcida ajude o clube

Por Meu Timão

Torcedor pode emitir boleto e 'ajudar' Corinthians

Torcedor pode emitir boleto e 'ajudar' Corinthians

Foto: Reprodução

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira pelo site da Espn revelou ao menos duas curiosidades a respeito das finanças do Corinthians. A mais grave diz respeito a uma dívida de R$ 12,107 milhões do clube da qual o credor é a Secretaria da Fazenda do Estado. A mais inusitada, por sua vez, é a seguinte: qualquer torcedor pode quitar o pagamento e, assim, dar uma bela mãozinha ao Timão.

Utilizando o CNPJ do Corinthians, a reportagem buscou débitos ativos no site da secretaria de Fazenda do Estado. Na pesquisa, foi encontrada uma dívida de mais de R$ 12 milhões datada de 2005. O valor inicial era de R$ 892 mil, mas entre correção monetária, juros e pagamento de honorários advocatícios, a quantia saltou para R$ 12,107 milhões.

Curiosamente, o site da secretaria permite que qualquer internauta emita uma espécie de boleto (guia de arrecadação). Assim, basta levar tal documento em um banco e pagar a quantia, safando o Corinthians do prejuízo. A dívida pode ser parcelada em até 24 vezes.

Vale ressaltar que o site da secretaria não dá maiores detalhes a respeito do motivo da dívida.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto está fora do jogo deste sábado

    Corinthians se reapresenta pós-Dérbi: Giovanni Augusto volta a treinar e dupla segue fora

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes