Imprensa internacional repercute mudança em data de partida do Timão nas quartas do Paulistão

Imprensa internacional repercute mudança em data de partida do Timão nas quartas do Paulistão

Por Meu Timão

A antecipação do jogo entre Corinthians e Red Bull Brasil, inicialmente marcado para domingo (17), foi destaque na imprensa internacional nesta semana. A Reuters, maior agência internacional de notícias do mundo, divulgou os motivos pelos quais o confronto teve data e horário alterados.

Assim como informado pelo Meu Timão, o site britânico explicou que a antecipação do duelo, válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista, se deu a pedido da Polícia Militar de São Paulo, preocupada com os protestos favoráveis e contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff que acontecerão no domingo.

O texto acrescenta ainda o envolvimento da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Estadual, nas decisões tomadas pela Federação Paulista de Futebol (FPF), organizadora da competição – assim como em 2015, a emissora carioca exibirá o primeiro mata-mata do Corinthians pelo certame em um sábado à tarde.

“Membros do governo Rousseff acusaram o grupo de mídia de ser hostil à sua administração (...)” diz um trecho da publicação. As manifestações, aliás, deverão ter grande cobertura por parte do canal.

“As pesquisas mostram que cerca de dois terços dos brasileiros apoiam o impeachment de Dilma, com a economia atolada em sua pior recessão em décadas. Alguns analistas dizem que televisionar o debate fará um voto pró-impeachment provável”, pontua a agência.

Também classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Corinthians faz seu primeiro mata-mata pelo Paulistão neste sábado, diante do Red Bull Brasil, a partir das 16h20 (de Brasília), na Arena. Já o próximo compromisso pelo torneio continental, contra o Cobresal (CHI), acontece somente na quarta-feira.

Confira a notícia da Reuters sobre a antecipação de Corinthians x Red Bull Brasil

Veja Mais:

  • Vidotto, Léo Príncipe, Bastos e Giovanni: quarteto não está nos planos em 2018

    Vetados do Paulistão e 'encostados': os nove jogadores que não devem ficar no Corinthians

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado no início da atual temporada

    Mesmo sem clube quando contratado, Renê Júnior custará R$ 5 milhões aos cofres do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim destoou em goleada corinthiana sobre São Caetano; Neto 'pediu cabeça' do atacante

    Com até cutucada em Tite, Neto detona manutenção de Kazim como titular do Corinthians

    ver detalhes
  • Warian está fora dos planos de Carille para 2018

    Por questões contratuais, volante tem empréstimo dificultado e pode ficar encostado no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes